X

Retrospectiva - Abril - Um 'tal' de Nadal. Lembram dele?

Quarta, 19 de dezembro 2018 às 18:32:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Hora de dizer "olá" ao saibro europeu. Após os Masters norte-americanos em quadras rápidas, o mês de abril chegou e marcou o início da temporada de terra batida na Europa. Fora do circuito desde janeiro, o espanhol Rafael Nadal voltava com tudo.



Veja mais:

Retrospectiva - Janeiro - 20x Roger Federer

Retrospectiva - Fevereiro - Seja bem-vindo de volta ao trono, Federer

Retrospectiva - Março - Brilhem, gigantes!

 

Confira os acontecimentos mais importantes do circuito no mês de abril, destacando também os duelos de Copa Davis:

Bia Maia sente lesão e abandona em Charleston

Disputando o WTA Premier de Charleston, nos Estados Unidos, a paulista Beatriz Haddad Maia esteve perto de passar da primeira rodada, enfrentando a espanhola Lara Arruabarrena. Porém, após perder dois match-points, Bia sentiu um desconforto no punho esquerdo e teve que abandonar a partida.

Bia Maia perde match-point, sente braço e abandona na estreia em Charleston. RELEMBRE!

Djokovic rompe também com Stepanek e anuncia volta de Vajda

Depois de operar o cotovelo em fevereiro, voltar com resultados ruins e demitir Andre Agassi em março, o sérvio Novak Djokovic decidiu romper também a parceria com seu outro técnico, o tcheco e ex-jogador Radek Stepanek.

Se preparando para a temporada de saibro, Novak surpreendeu e anunciou a volta de seu técnico de longa data, o eslovaco Marian Vajda, à equipe.

Após demitir Agassi, Djokovic volta a treinar com Marian Vajda. RELEMBRE!

Tsonga opera o joelho

Fora do circuito desde fevereiro, o francês Jo-Wilfried Tsonga anunciou, em abril, que teve que passar por uma cirurgia para corrigir um problema no joelho.

"Olá a todos. Uma nota rápida para lhes dizer que, apesar de uma tentativa de voltar à competição, meu joelho não respondeu como esperávamos. Então, não pude escapar de uma pequena operação que ocorreu ontem (3 de abril) e que correu muito bem", disse Tsonga na época.

Tsonga passa por cirurgia no joelho e espera retorno ainda no saibro. RELEMBRE!

Brasil perde para Colômbia e fica fora dos playoffs da Copa Davis

Após passar por um confronto duríssimo contra os dominicanos, a equipe brasileira da Copa Davis precisava de mais uma vitória para se garantir nos playoffs da maior competição entre nações e ter a chance de voltar ao Grupo Mundial.

Porém, dessa vez, nem João Pedro Sorgi, herói no confronto contra a República Dominicana, conseguiu evitar a derrota brasileira. Enfrentando a Colômbia, em solo colombiano, o time canarinho foi derrotado no quinto e decisivo jogo, o que marcou o primeiro revés para o Brasil num duelo de Zonal Americano em 14 anos.

Sorgi perde, Brasil leva a virada e cai pela 1ª vez em 14 anos no Zonal. RELEMBRE!

Nadal volta, Ferrer brilha e Espanha vai à semifinal da Davis

Após quase três meses afastado por conta de uma lesão de grau um no músculo psoas-ilíaco, que liga a perna direita à região do baixo abdômen, passando por trás do joelho, o espanhol Rafael Nadal foi escalado para o duelo contra a Alemanha, válido pelas quartas de final da Copa Davis. Com duas vitórias em dois jogos, Nadal ajudou a armada espanhola a chegar viva no quinto e decisivo jogo.

Nele, David Ferrer, lutando como sempre, venceu um jogão de quase cinco horas contra Philipp Kohlschreiber e, diante dos anfitriões espanhóis, garantiu a Espanha nas semifinais da competição.

Ferrer brilha no 5º jogo e garante a Espanha na semi. RELEMBRE!

Nadal vence Monte Carlo pela 11ª vez

Disputando o primeiro torneio regular do circuito, desde o Aberto da Austrália em janeiro, o espanhol Rafael Nadal deu show! Primeiro Masters 1000 no saibro da temporada, Monte Carlo viu seu maior campeão levar o torneio pela 11ª vez, sendo a quarta sem perder nenhum set.

Ainda por cima, ao bater o japonês Kei Nishikori na decisão, o Touro Miúra se isolou como maior vencedor de eventos deste nível. Com a conquista do seu 31° troféu de Masters, ele desempatou a contagem, que apontava o sérvio Novak Djokovic com 30 títulos.

Nadal conquista Monte Carlo pela 11ª vez e se torna recordista de Masters. RELEMBRE!

Djokovic sofre pior derrota no circuito em oito anos

O martírio de Novak Djokovic após a cirurgia no cotovelo continuava. Após conseguir suas primeiras vitórias em quase três meses em Monte Carlo, o sérvio levou um convite para a disputa do ATP 500 de Barcelona, mas de nada adiantou. Ele caiu na estreia, sofrendo uma das piores derrotas de sua carreira.

Já com Marian Vajda de volta ao seu box, Novak sofreu o revés diante do então número 140 do mundo, o eslovaco Martin Klizan. Em relação ao ranking de seus adversários, foi a pior derrota de Djokovic desde os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. No circuito, pior em oito anos.

Djokovic perde para 140º do mundo em Barcelona e segue maré ruim. RELEMBRE!

Nadal leva o unodecacampeonato também em Barcelona

Uma semana após levantar o 11° troféu no Masters 1000 de Monte Carlo, Rafael Nadal repetiu o grande feito em Barcelona. Enfrentando a jovem surpresa grega, Stefanos Tsitsipas, Nadal não deu chances e se tornou unodecacampeão no evento catalão.

Com mais uma conquista no saibro europeu, Rafa se segurava na liderança do ranking. Roger Federer, segundo colocado, vinha colado na tabela e torcia para um tropeço do espanhol para ultrapassá-lo.

Nadal faz história e conquista 11º título em Barcelona. RELEMBRE!

A sequência da temporada na terra e a briga pelo topo da ATP, entre Federer e Nadal, você acompanhará aqui, no Tênis News, nas próximas retrospectivas do ano. Fique ligado!