X

Preparador culpa derrotas de Djokovic por cansaço no fim de ano

Segunda, 10 de dezembro 2018 às 08:55:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Preparador físico de Novak Djokovic, Gebhard Gritsch concedeu entrevista ao jornal austríaco Kurier onde comentou sobre as derrotas de Novak Djokovic. Ele aposta que Rafael Nadal volte com tudo em 2019 e não dá Roger Federer como morto.



"É preciso esperar Rafael Nadal com total segurança virá mais forte que nunca e é candidato a ganhar todos os títulos importantes. Com Roger Federer tive que a sensação que não estava mentalmente fresco e que faltava em certas ocasiões um pouco de ritmo e velocidade, mas nunca se pode dá-lo como morto. Logo temos o Zverev ou o Thiem que podem dar um salto em algum Major. Thiem sem dúvida é um dos grandes favoritos para ganhar Roland Garros".

O preparador comentou que seu pupilo estava cansado no fim de ano, motivação para suas derrotas nas finais de Paris e do ATP Finals: "Novak jogou muitas partidas em pouco tempo e possivelmente esse tenha sido o principal culpado das derrotas de Djokovic tanto na final de Paris e Londres. Acabou o ano muito cansado".

Para o preparador, a volta de Marian Vajda foi o fator fundamental para o salto do atleta que era 22 do mundo em maio e terminou no topo vencendo Wimbledon e o US Open: "Vajda é um grandíssimo treinador e uma pessoa que tem muita tranquilidade. Ambos colocamor coisas diferentes para Djokovic e essa combinação é chave para os êxitos de nosso pupilo apesar de terminar o ano como número 1 do mundo e ganhando dois Grand Slams temos que seguir polindo coisas para que se aproxime do melhor nível tenístico".