X

Confira como e quando os oito melhores do ano se enfrentaram

Segunda, 05 de novembro 2018 às 18:50:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após o sorteio da chave do ATP Finals de Londres, que terá inicio neste domingo, 11 de novembro, os grupos Guga Kuerten e Lleyton Hewitt foram definidos e o confronto recente entre os componentes podem servir de base para formular estratégias. Confira!



Leia mais

Veja a chave do Finals!

Djokovic tem Zverev na chave do ATP Finals. Federer tem Nishikori

Grupo Guga Kuerten

Djokovic lidera o grupo que homenageia o eterno número 1 do Brasil e tem o principal expoente, até o momento, da chamada Next Gen, Alexander Zverev. Os dois se enfrentaram duas vezes no circuito mundial, neste ano, pela semifinal do Masters 1000 de Xangai, melhor para o sérvio com tranquilidade. No encontro anterior, melhor para Zverev.

Djokovic também tem Marin Cilic na chave, a quem já enfrentou 18 vezes no circuito, três delas este ano, sendo duas vitórias do sérvio, a última delas na chave de Paris, nas quartas. Os três duelos foram apertados e Cilic levou a melhor na final em Queens. Em toda a carreira está 16/2 para Nole.

Djokovic não enfrenta Isner há três anos, mas no confronto direto tem 8/2.

Isner por sua vez enfrentou Zverev cinco vezes na carreira, duas delas este ano, na qual venceu a final do Masters de Miami erguendo seu primeiro troféu neste nível e pelas quartas em Madri vencida pelo alemão, que tem 4/1 no confronto direto.

Zverev e Cilci se enfrentaram uma vez este ano, pela semi em Roma, com vitória do alemão, que tem 5/1 no confronto direto.

O croata e o norte-americano John Isner se enfrentaram apenas uam vez este ano, nas oitavas de final do Masters de Miami, com vitória de Isner, que no confronto direto leva desvantagem em 3/7.

 

Grupo Lleyton Hewitt 

O grupo, que leva o nome do australiano que foi líder da ATP por 84 semanas consecutivas, tem o suíço Roger Federer como principal favorito.

Federer tem o sul-africano Kevin Anderson no grupo, a quem enfrentou uma vez nesta temporada e por quem foi derrotado nas quartas de final de Wimbledon. Nos quatro confrontos anteriores, o suíço venceu todos.

Já em relação ao japonês Kei Nishikori, Federer o enfrentou e venceu duas vezes este ano, nas quartas dos Masters de Xangai e Paris. No confronto direto, Federer  tem 7/2.

Federer e Thiem não se enfrentam desde 2016, naquele ano se deram os três confrontos entre eles, que tem Federer 2/1 do confronto direto.

Nishikori e Thiem se enfrentaram duas vezes no circuito este ano, cada um deles venceu um duelo, o japonês levou a melhor no piso rápido de Viena e Thiem venceu no saibro de Roland Garros. No confronto direto está 3/1 para o japonês.

Contra Anderson, Thiem jogou e venceu duas vezes este ano, no saibro de Madri e no piso rápido do US Open. No confronto direto está 6/2 para o sul-africano.

Por fim, Nishikori e Anderson se enfrentaram três vezes este ano. O japonês venceu o último jogo entre eles, pela chave de Paris e o sul-africano levou a melhor no piso rápido de Viena e Nova York. No confronto direto, 5/3 para o japonês.