X

'Ela foi longe demais', diz Federer sobre Serena, a respeito da final do US Open

Domingo, 04 de novembro 2018 às 11:51:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Quase dois meses após a polêmica final feminina do US Open, o assunto ainda continua rendendo nas entrevistas dos jogadores. Desta vez, quem se pronunciou a respeito foi Roger Federer. Ele criticou a maneira com que Serena Williams agiu.



Em entrevista ao jornal britânico Sunday Times, o suíço considerou um exagero, por parte de Williams, que foi vice-campeã,  a forma com que a norte-americana tratou o árbitro de cadeira, o português Carlos Ramos.

"Sim, ela foi longe demais", lembrou Federer, se referindo aos insultos de "mentiroso" e "ladrão" proferidos por Serena, após receber uma advertência por se comunicar com o seu técnico Patrick Mouratoglou no segundo set da decisão.

"Eu sinto que Serena deveria ter seguido adiante. Ela seguiu, mas foi longe demais. Deveria ter continuado em frente mais rapidamente. Foi lamentável, mas um caso incrível", continuou ele.

Lembrando que a mais nova das irmãs Williams perdeu a final do Aberto dos Estados Unidos para a japonesa Naomi Osaka, que venceu a partida por 6/2 e 6/4 e conquistou seu primeiro Grand Slam aos  20 anos de idade.

Já a americana, vencedora de 23 Slams na carreira, foi multada em 17 mil dólares por violações ao código de conduta.