X

Federer deixa Paris satisfeito com campanha, mas se irrita com jornalistas

Sábado, 03 de novembro 2018 às 17:05:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Roger Federer tirou um saldo positivo da disputa do Masters 1000 de Paris Bercy, onde caiu na semifinal para o sérvio Novak Djokovic, novo número 1 do mundo, em uma batalha épica de 3h. Suíço ressaltou o lado positivo da campanha.



Ao ser questionado sobre como deixava a quadra após a derrotada para Djokovic, Federer disse: "Eu apresentei um bom nível de tênis. Cometi alguns erros que me arrependo. Mas quando se perde um jogo assim, tão apertado, você sabe que estava no combate. Mas foi um bom torneio, eu posso parar e dizer que foi uma boa coisa vir à Paris. A recepção foi boa e eu joguei bem".

Ao ser questionado de já ter batido muitas vezes Rafael Nadal e se Novak Djokovic lhe causava problemas, o suíço decretou: "Quando você perde 7/6 não é a mesma coisa que perder de 1 ou 2", mostrou irritação e seguiu: "Nadal e Djokovic são jogadores completamente diferentes. Respondo sobre isso não apenas porque perdi. Vocês sabem que eles são completamente diferentes. Às vezes um tá muito efetivo outras não e isso influencia no confronto direto. Isso já me aconteceu também contra [Andy] Murray. Quando você está numa fase não muito boa e perde jogos, isso impacta no confronto direto", ressaltou.

O suíço ainda destacou o lado positivo da campanha em Paris, motivado pela confiança do título na Basileia na semana passada, e por encontrar melhor ritmo de jogo. Entretanto, Federer ressaltou que a disputa do ATP Finals começa do zero. "Lá você enfrenta um top 10 na primeira rodada e isso não é nada fácil", definiu.