X

Federer sobre duelo contra Djokovic: 'Não tenho nada a perder'

Sexta, 02 de novembro 2018 às 21:35:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após derrotar o japonês Kei Nishikori, 11º, por um duplo 6/4, Roger Federer se garantiu na semifinal para encarar o novo número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, que vem de 21 vitórias consecutivas e não perde desde o começo de agosto.



Será o 47º encontro entre eles, apesar de ter 22 vitórias, Roger reconhece a fase incrível de Djokovic: "Quero jogar bem e tentar vencer, claro. Sei que ele está com uma série incrível e será duro. Apesar disso sei que não tenho nada a perder", disse o suíço: "Eu também gosto dessa superfície. Gosto do piso coberto e ganhei Roterdã e Basileia este ano, mas claramente terei que jogar bem pois o Djokovic vai questionar isso. Não é um saque aqui ou ali e uma devolução aqui e ali pois o Novak defende muito bem e joga bem na ofensiva e ainda tem sacando consistentemente bem nesse momento e será bem duro".

Federer, que corre atrás na semana de seu 100º troféu, destacou a vitória sobre Nishikori: "Acho que para mim foi muito importante não ser quebrado e jogar consistentemente e sólido sem golpes muito loucos nos meus games de saque tentando ser sólido e entregar algo bem legal hoje. Kei é um dos melhores devolvedores e se você deixá-lo entrar nos seus games de saque ele pode te machucar. Consegui evitar isso e vencer em sets apertados, economizo energia para amanhã e a semana seguindo, também na carreira. É por isso que posso ser mais bem sucedido com partidas mais velozes".

Federer e Djokovic se enfrentam às 12h30 deste sábado.