X

Melo segue para Xangai e destaca passo rumo ao Finals

-->
Segunda, 08 de outubro 2018 às 15:56:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Campeões do ATP 500 de Pequim, Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão agora em Xangai para a disputa do segundo torneio na China, o Masters 1000, ao longo desta semana. A dupla estreia já nas oitavas de final diante do indiano Divij Sharan e do neozelandês Artem Sitak,



A conquista em Pequim foi a 31ª da carreira de Marcelo, 35 anos, recordista brasileiro em títulos da ATP, e a 11ª com Kubot – três nesta temporada (ATP 250 de Sidney, ATP 500 de Halle e ATP 500 de Pequim).

Entre os 31 títulos de Melo na carreira, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015), com o croata Ivan Dodig, e Wimbledon, em Londres (2017), com Kubot, além de oito Masters 1000, sete ATP 500 e 14 ATP 250.

Em Xangai, Marcelo já comemorou duas vezes, em 2013 (com Dodig) e 2015 (com o sul-africano Raven Klaasen). No ano passado, com Kubot, foi vice-campeão. As demais conquistas em Masters 1000: Paris (2015 – Dodig - e 2017 - Kubot), Toronto (2016 - Dodig), Cincinnati (2016 - Dodig), Miami (2017 - Kubot) e Madri (2017 - Kubot).

Sexto lugar na Corrida - Com o título em Beijing, Melo e Kubot subiram duas posições no ranking que define as oito melhores parcerias para a disputa do ATP Finals, em Londres, na Inglaterra, no mês de novembro. Agora estão em sexto lugar, com 4.070 pontos. No ranking mundial individual de duplas, dividem a quinta colocação, com 6.200 pontos.

“Demos um importante passo, com o título em Beijing, em busca da vaga para o Finals, nosso objetivo desde o início da temporada. É seguir passo a passo, agora focados em Xangai, com confiança total”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Depois de Xangai, a sequência da programação da dupla, em quadra rápida, neste final de temporada, terá o ATP 500 de Viena, na Áustria, com início no dia 22, e o Masters 1000 de Paris, na França, no dia 29.

50 partidas, 33 vitórias e três títulos na temporada – O brasileiro Marcelo Melo, 35 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 36 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016.

Em 2018, foram três títulos até agora, com a disputa de 50 jogos e 33 vitórias - quatro em Sidney, campeões do ATP 250, três no Australian Open, em Melbourne, ambos na Austrália, uma no ATP 500 de Roterdã, na Holanda, uma no Rio Open, no Rio de Janeiro, uma no ATP 500 de Barcelona, na Espanha, duas no ATP 250 de Munique, na Alemanha, uma no Masters 1000 de Madri, na Espanha, uma no Masters 1000 de Roma, na Itália, duas em Roland Garros, duas no ATP 250 de S-Hertogenbosch, com Marcelo atingindo 450 vitórias na carreira, na estreia na Holanda, quatro no ATP 500 de Halle, com a conquista do bi na Alemanha, uma na estreia em Wimbledon, uma no Masters 1000 de Cincinnati, cinco no US Open, com o vice-campeonato, e quatro no ATP 500 de Beijing, com o título.