X

Ferrer vê rival desistir e volta a disputar uma final de Challenger após 16 anos

-->
Domingo, 07 de outubro 2018 às 01:36:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aos 36 anos, o espanhol David Ferrer, ex-top 3 e atual 147º, tem buscado se reencontrar com as vitórias, após a decisão se parar oficialmente em 2019. Nesta semana, Ferrer desceu um degrau e vai decidir um título de Challenger após 16 anos.



Ferrer, que não sabia o que era disputar um torneio Challenger há 14 anos, entrou na chave do Challenger de Monterrey, no México, com uma disputa estrelada e um mês após abandonar na primeira rodada do US Open com lesão, chegou à final do torneio mexicano ao ver o norte-americano Ernesto Escobedo sequer entrar em quadra em virtude de uma lesão.

O espanhol, dono de 27 títulos em nível ATP e que tem o vice-campeonato de Roland garros em 2013, volta a uma final de Challenger após 2016. Em agosto de 2002, ele venceu no saibro de Manerbio, ao superar o russo Vadim Kursenko.

Na grande final, Ferrer encara o croata Ivo Karlovic, 137º, que superou o colombiano Santiago Giraldo, 412º, pelo placar de 6/7 (6) 6/4 7/6 (3).

Karlovic, de 39 anos, e Ferrer, já se enfrentaram cinco vezes no circuito profissional, sempre em nível ATP, e o espanhol tem 4/1 no confronto direto. Todos os encontros entre eles foram no piso rápido, o mesmo da disputa em Monterrey.
O Challenger mexicano distribui US$ 150 mil em premiações e dá hospedagem aos atletas.