X

Estudo revela que sem 2º serviço no tênis, Federer seria mais dominante

Quarta, 03 de outubro 2018 às 12:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O especialista em estratégia e estatísticas de tênis, Craig O'Shannessy, escreveu um novo artigo para o site da ATP para explicar que caso o segundo serviço não existisse no tênis, o suíço Roger Federer seria mais dominante.



"Quando o fator performance de primeiro serviço e também de devolução de primeiro serviço são considerados, apenas um jogador nas últimas 52 semanas estaria no top 10 do ranking do circuito nas duas categorias. Ele é Roger Federer", escreveu o especialista na abertura do artigo.

Os dados obtidos através do 'Infosys ATP Beyond The Numbers' aponta que mesmo sendo o terceiro melhor vencendo pontos com seu primeiro serviço e o sexto vencendo pontos no primeiro serviço do adversário, ele é o único que fica nos dois top 10. 

Fecham o top 5 das estatísticas combinadas, o sérvio Novak Djokovic, o croata Marin Cilic, o austríaco Dominic Thiem e o francês Benoit Paire.

 

Confira o top 10: