X

Osaka confessa não ter boas lembranças da final do US Open

-->
Terça, 02 de outubro 2018 às 10:35:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A japonesa Naomi Osaka, sexta do ranking da WTA, finalmente falou abertamente sobre a final do US Open, na qual faturou seu primeiro título de Grand Slam, mas foi marcada pela briga de Serena Williams com o árbitro português Carlos Ramos e vaias na cerimônia de premiação.



"Eu tive sorte que Tóquio foi tão perto porque eu poderia imediatamente me focar no próximo torneio", explicou Osaka ao ser questionada sobre como se sentiu após o US Open. "Eu não pensei muito sobre o que aconteceria, como a imprensa ou sei lá. Talvez, se eu tivesse tido tempo, eu estaria sobrecarregada", completou.

"Eu estou realmente focada em jogar a gira asiática. Meu grande objetivo agora é tentar estar em Cingapura", ressaltou ela sobre a disputa do WTA Finals, torneio que reúne as oito melhores do mundo.

Osaka disse estar focada com suas energias na campanha em Pequim, e que não conseguiria resumir como se sentiu com toda a situação vivida na Arthur Ashe Stadium em seu primeiro título de Grand Slam.

"A lembrança do US Open é agridoce.  Mesmo no dia seguinte eu não queria pensar sobre aquele momento, porque não era necessariamente a lembrança mais feliz pra mim. Eu não sei. Eu só gostaria de seguir em frente", confessou.

"Quero dizer, claro que estou feliz de vencer um Grand Slam. Eu não acho que mudaria nada, mas sei lá. Eu sinto que quando olho pra trás é uma lembrança ruim, mas sinto que é tão estranho, não quero pensar nisso. Quero por isso de lado. Jogar em Tóquio foi um modo de tirar isso da minha cabeça. Foi por isso que fui bem", resumiu ela ressaltando que não quer mesmo pensar sobre a final do US Open.