X

Filha de ex-craque Alex do futebol vai à final do quali no Bahia Juniors

Sábado, 29 de setembro 2018 às 19:00:33 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Começou neste sábado a 34ª edição do Bahia Juniors Cup com entrada gratuita no Clube Bahiano de Tênis, no bairro da Graça, em Salvador (BA), com a disputa do qualifying na categoria mundial até 18 anos, nas categorias Sul-Americanas de 16 e 14 anos e a chave principal do Tennis Kids categoria 10 anos.



Foto: Thiago Parmalat

 

A paranaense Maria Mauad, de apenas 14 anos, superou a brasileira Gabriela Almeida por 6/2 6/1: "Comecei bem, um pouco nervosa, a gente não é muito acostumada a dizer fora ou boa pois não jogamos tanto na quadra dura, mais no saibro, fiquei meio tensa pelo fato de ser o primeiro jogo na categoria nos 18 anos. A expectativa para a final do quali é jogar bem, girar bem a bola, sacar bem novamente, vibrando bem, super positiva, acho que será um ótimo jogo", apontou a jogadora que disputa sua primeira competição até 18 anos e busca vaga na chave principal diante da brasileira Maria Oliveira, segunda favorita, que eliminou a paranaense Luana Wild por 7/6 (7/4) 6/4. Luana é irmã de Thiago Wild, campeão do Bahia Juniors Cup em 2016 e que este mês fez história para o Brasil vencendo o US Open, um dos quatro Grand Slams do tênis.

Mauad costuma se dar bem no Bahiano de Tênis. Este ano disputou o Campeonato Brasileiro Interclubes e foi finalista nos 14 anos. O ambiente e as quadras do clube favorecem seu tipo de jogo: "Gosto bastante de jogar aqui, amo as condições de nível do mar, amo jogar na quadra rápida", seguiu a jogadora que treinada por Eduardo Portal.

Mauad é filha do ex-craque de futebol Alex que atuou pela Seleção Brasileira, Flamengo, Cruzeiro, Coritiba, Fenerbache e Palmeiras. O pai, que vez ou outra bate uma bolinha com a filha, é uma inspiração e dá total apoio para sua carreira onde pretende ser profissional: "Almejo ser profissional, é meu sonho desde pequeno, trabalho para isso desde pequena, o caminho é longo, difícil, mas estou na direção certa. Por conta disso optei por só jogar eventos mundiais ITF agora para pegar ritmo, pegar jogos duros, perder para aprender, o caminho do ITF é ótimo. O apoio dos meus pais é enorme, eles me ajudam muito, sem eles eu não conseguiria. É muito bom ter isso pois alguns pais não apoiam. Eu vejo o Alex muito mais como meu pai do que o cara que jogou bola, é meu pai, me dá apoio. O fato dele ter sido atleta me influencia muito no quesito de me ajudar, dar dicas como é o esporte em si, se portar em quadra. Como futebol e tênis são muito diferentes e por ele ser quem ele foi não influencia muito".

O Brasil terá pelo menos mais duas representantes na chave principal no feminino. Maria Salomão enfrentará a favorita Ana Candiotto. Livia Cavalcanti encara Amanda Oliveira que derrotou a indiana Suchi Bedi por 6/2 6/0. Isabella Fioviranti encara a canadense de mãe brasileira, Zoe Correia. Zoe passou pela quarta favorita, a brasileira Isabella Pinto por 6/0 6/4.

Neste domingo as finais do quali largam a partir das 8h30 na categoria mundial ITF até 18 anos. Nos 16 e 14 anos as finais do quali começam às 11h. A final dos 10 anos do Tennis Kids será disputada às 10h30.

A 34ª edição do Bahia Juniors Cup tem a presença de 307 atletas de 15 países (Brasil, Rússia, Colômbia, Peru, Argentina, Paraguai, Holanda, Polônia, Estados Unidos, Finlândia, Chile, Grã-Bretanha, Canadá, Índia e Bolívia) dos 9 até os 18 anos de idade, um aumento de 50% em relação ao ano de 2017. As chaves principais serão sorteadas no fim da tarde deste domingo e começam na segunda-feira, dia 1º, finalizando no sábado, dia 6.

O Bahia Juniors Cup é um celeiro de craques do tênis brasileiro. Além de ter revelado Gustavo Kuerten a competição foi palco em 2016 do primeiro título a nível mundial para o paranaense Thiago Wild que derrotou o jogador que hoje é número dois do mundo, o argentino Sebastian Baez. O garoto que hoje tem 18 anos se sagrou campeão do US Open há pouco mais de uma semana se tornando o primeiro brasileiro campeão do Slam no júnior e apenas segundo brasileiro a levantar um Major no juvenil. O torneio baiano é especial na carreira do tenista que a partir de agora se dedicará integralmente ao profissional.

Resultados 34ª edição Bahia Juniors Cup - Qualifying - Sábado (29/09):

2ª Rodada

(2) Herick Isago (BRA) 7/5 6/3 Bernardo Muzzi (BRA)

(4) André Silva (BRA) 6/3 7/5 André Schiabel (BRA)

Gustavo Deszczynski (BRA) 6/2 6/2 (5) Alec Lichter (BRA)

(8) João Duleba (BRA) 7/5 6/2 Kaio Sacchi (BRA)

Gustavo Magalhães (BRA) 6/3 6/1 (6) Gustavo Gil (BRA)

Pedro França (BRA) derrotou (1) Gabriel Busato (BRA) por WO

Jogos por terminar - 2ª Rodada

(3) Lucas Zancheta (BRA) x Gustavo Campos (BRA)

(7) João Guariente (BRA) x Gustavo Camelo (BRA)

 

1ª Rodada

Gustavo Magalhães (BRA) 6/3 6/3 Gustavo Martins (BRA)

André Schiabel (BRA) 6/1 6/1 Caio Smidi (HOL)

Bernardo Muzzi (BRA) 1/6 6/3 6/4 Arthur Hernandes (BRA)

Gustavo Campos (BRA) 2/6 6/1 6/2 Arthur da Silva (BRA)

Pedro França (BRA) 6/1 6/2 Mecenas Salles (BRA)

Feminino - 18 anos

1ª Rodada

(2) Maria Oliveira (BRA) 6/4 7/6 (7/4) Luana Wild (BRA)

(3) Livia Cavalcanti (BRA) 6/0 6/0 Natalia Leite (BRA)

Zoe Correa (CAN) 6/0 6/4 (4) Isabella Pinto (BRA)

Isabela Fioravanti (BRA) 6/2 6/0 (5) Giulia Spicacci (BRA)

Maria Mauad (BRA) 6/2 6/1 Gabriela Almeida (BRA)

14 anos - Quali

1ª Rodada

Pedro Pinto (BRA) 6/4 6/3 Gabriel Sainz (BOL)

João Fonseca (BRA) 6/3 6/4 Guilherme Siqueira (BRA)

16 anos - Quali

1ª Rodada

Paulo Calarge (BRA) 7/6 (4) 6/4 Felipe Dias (BRA)

Bernardo Wolff (BRA) 6/1 6/2 Henrique Cecíllio (BRA)

Lucas Almeida (BRA) 6/1 6/2 Leonardo Abreu (BRA)

Luca Lima (BRA) 6/3 6/1 Paulo Parreiras (BRA)

Programação - Final do Quali - 18 anos:

8h30 - (2) Maria Oliveira (BRA) x Maria Mauad (BRA)

A Seguir - Pedro França (BRA) x João Guariente (BRA)

A Seguir - Herick Isago (BRA) x Gustavo Deszczynski (BRA)

Quadra 2

8h30 - Zoe Correa (CAN) x Isabela Fioravanti (BRA)

(1) Ana Candiotto (BRA) x Maria Salomão (BRA)

João Duleba (BRA) x Gustavo Campos (BRA) ou Lucas Zacheta (BRA)

Quadra 3

8h30 - (3) Livia Cavalcanti (BRA) x Amanda de Oliveira (BRA)

A Seguir - Gustavo Magalhães (BRA) x (4) André Silva (BRA)

Últimos Campeões na categoria mundial do Bahia Juniors Cup:

2017 - João Lucas Reis (BRA) / Nathália Gasparin (BRA)

2016 - Thiago Wild (BRA) / Thaísa Pedretti (BRA)

2015 - Gabriel Decamps (BRA) / Thaísa Pedretti (BRA)

2014 - Igor Marcondes (BRA) / Maria Silva (BRA)

2013 - Silas Cerqueira (BRA) (último baiano campeão) / Thaísa Pedretti (BRA)

2012 - Marcelo Tebet (BRA) / Ivone Alvaro (POR)

2011 - Victor Gonzaga (BRA) / Giovanna Baccarini (BRA)

2010 - Vicente Bronstein (CHI) / Carla Forte (BRA)

A 34ª edição do Bahia Juniors Cup Bahia  Juniors Cup tem o patrocínio da da SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e da Sudesb, do Governo do estado da Bahia, dos Correios, o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e apoio das Águas Meleva, Cassi Turismo e RevestBege . O evento é chancelado pela Federação Bahiana de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e Confederação Sul-Americana de Tênis, o Cosat.

O Bahia Pro Cup tem o patrocínio da SETRE, a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte e da Sudesb, do Governo do estado da Bahia,  além do apoio da Confederação Brasileira de Tênis que conta com o patrocínio dos Correios e o co-patrocínio da Wilson, Peugeot e Companion SPORTS. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e Ministério do Esporte.