X

Sousa salva dois match-points e vai às 4ªs na China

Quarta, 26 de setembro 2018 às 16:10:08 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O português João Sousa, 50º do ranking e sétimo favorito na chave do ATP 20 de Chengdu, na China, sofreu muito na partida de oitavas de final e precisou salvar dois match-points para superar o canadense Vasek Pospisil, 86º, de virada.



Sousa encarou uma batalha de 2h53 para fechar o placar em 6/7 (4) 6/4 7/6 (0) tendo convertido dois aces contra 17 do canadense, que venceu 70% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 82% de aproveitamento do tenista lusitano.

O jogo teve um inicio equilibrado e assim se seguiu, sem os tenistas se ameaçando, até que Pospisil teve a chance de quebra e ao mesmo tempo o setpoint, não converteu e a disputa foi para o tiebreak, onde o canadense foi mais eficiente.

Na segunda etapa, Sousa conquistou a quebra no game inaugural e administrou a vantagem.

No set decisivo, o jogo seguiu duro, com os tenistas salvando breakpoints do segundo ao sexto game, quando o português foi quebrado e passou a ficar pressionado. No nono game, sacando para o set, Pospisil sentiu a pressão, viu Sousa salvar dois match-points, devolver a quebra de saque, igualar o placar e levar a disputa ao tiebreak. Ali, o português abriu com mini-quebra e dominou por completo.

Nas oitavas de final em Chengdu, Sousa encara o tunisiano Malek Jaziri, 63º, que venceu o francês Adrian Mannarino pelo placar de 6/3 7/6 (%).

Jaziri e Sousa nunca se enfrentaram no circuito profissional.