X

Ex-tenista russo afirma que Sharapova pode encerrar a carreira em 2019

Terça, 18 de setembro 2018 às 21:14:33 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O ex-tenista Andrei Chesnokov, semifinalista de Roland Garros em 1989, afirmou que a russa Maria Sharapova pode encerrar a carreira no próximo ano. De acordo com o ex-tenista russo, a afirmação deve-se ao fato de que o agente de Sharapova, Max Eisenbund, teria dado indícios de que a carreira da russa estaria em seus últimos meses.

 

 



“Eu acho que, se Maria Sharapova não participar dos torneios restantes, significa que ela está com algum problema de saúde. Sabemos que ela teve problemas com o ombro recentemente. Se tudo estivesse bem, ela não teria desistido dos torneios, porque Sharapova ama o tênis e joga na quadra com prazer”, afirmou Chesnokov.

A russa foi suspensa por 15 meses, em 2016, e só retornou aos torneios da WTA, no ano passado, onde conquistou o torneio de Tianjin, na China, em outubro.

No início desta semana, Maria Sharapova afirmou que a sua temporada se encerrou de forma precoce, devido a lesão no ombro. Os seus melhores resultados na temporada foram as semifinais de Roma e Shenzhen, além das quartas de final de Roland Garros, sendo derrotada pela espanhola Garbine Muguruza.

O último torneio da russa foi o US Open, em agosto, onde foi eliminada nas oitavas de final pela espanhola Carla Suarez Navarro.

Maria Sharapova afirmou que sua volta aos torneios da WTA será realizada no inicio no próximo, na China. Atualmente, ela ocupa a 24° colocação no ranking feminino.

Maria Sharapova já conquistou cinco Grand Slam’s na sua carreira, sendo o último em 2014, em Roland Garros, na França, torneio em que já havia conquistado o título em 2012. Além disso, a russa já conquistou os outros três Slam’s.