X

Nadal abandona com lesão e Del Potro está de volta à final do US Open

Sexta, 07 de setembro 2018 às 19:35:35 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Nove anos depois de ser campeão do US Open, quatro cirurgias e quase quatro temporadas inteiras afastado do circuito em virtude de lesões, o argentino Juan Martín Del Potro, terceira do ranking mundial, está de volta à final de um Grand Slam.



Após um duelo duro de 1h59 de duração, Delpo viu o atual campeão do torneio e número 1 do mundo desistir da disputa de semifinal ao fim do segundo set com uma lesão no joelho. Nesta altura, o argentino vencia o jogo pelo placar de 7/6 (3) 6/2 tendo convertido dois aces contra quatro do espanhol, que cometeu o mesmo número de erros não-forçados do argentino 19, e disparou 29 bolas vencedoras contra 26 de Nadal.

A partida começou com Delpo conquistando quebra no game de abertura, mas sem conseguir manter sólido seu saque na sequência. Após a troca de quebras, os dois tenistas reencontraram o equilíbrio do jogo, trabalharam sólidos com pontos longos, mas foram confirmando game de saque. No intervalo após o sétimo game, Nadal pediu atendimento fisioterápico, que aproveitando a pausa do jogo, teve a região abaixo do joelho direito imobilizada. A partida voltou e Rafa acabou quebrado, mas devolveu a quebra na sequência, converteu game de zero e pressionou forçando o tiebreak. Ali, Del potro foi mais consistente com bolas cruzadas, confirmou mini-quebras de vantagem e fechou a parcial.

No segundo set, Nadal precisou salvar dois breakpoints no segundo game para confirmar, no intervalo do terceiro game, Nadal pediu atendimento e recebeu inclusive massagem na coxa para aliviar as pontadas.De volta ao jogo, Rafa acabou quebrado no quarto game e novamente no oitavos, que finalizou o segundo set.

Após o fim da segunda etapa, nadal que já havia dito ao árbitro de cadeira que se retiraria  do jogo, conversou com o fisioterapeuta da ATP e se retirou da disputa.

Na grande final, Del Potro aguarda pelo vencedor do duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o japonês Kei Nishikori.