X

Banido por 5 anos, Heras é 3º argentino punido por manipulação de resultado

Segunda, 03 de setembro 2018 às 21:52:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A Unidade de Integridade do Tênis (TIU) baniu o tenista argentino Patricio Heras, 307º ranking da ATP, por cinco anos de qualquer atividade ligada ao esporte competitivo ao ser considerado culpado no inquérito de manipulação de resultados. 



A punição já havia saído em 27 de julho deste ano, em virtude da manipulação de resultado de uma partida do Challenger de Barranquilla, na Colômbia, em setembro de 2015. e foi revista e publicada pelo auditor independente  do escritório anti-corrupção Jane Mulcahy QC.

Heras, de 29 anos, também foi considerado culpado por não ter denunciado ao TIu diversas abordagens recebidas para venda de resultados entre agosto e setembro de 2015.

Aos 29 anos, Heras é o terceiro argentino punido pelo TIU por envolvimento em manipulação de resultados, os outros são Nicolas Kicker e Federico Coria.

O banimento de Heras começa a conta de 27 de julho e a pena pode ser reduzida em dois anos, caso não haja cometimento de novas irregularidades.