X

Agente nega que Svitolina não jogou Moscou por razões políticas

Sábado, 28 de julho 2018 às 17:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O agente da ucraniana Elina Svitolina, quinta do ranking da WTA, desmentiu o diretor geral do WTA de Moscou, n Rússia, Alexander Ostrovsky, que no inicio da semana declarou que apesar do acerto com o torneio a ucraniana desistiu da disputa por razões "claramente políticas".



"Elina decidiu não jogar. Eu concordo com sua decisão, mas o mais importante: foi uma decisão tomada por razão meramente profissional", disse Yuriy Sapronov, que destacou que o fim do torneio de Moscou será neste domingo, dia 29 de julho, mas que no dia seguinte é dado inicio à disputa da US Open Series e que apartir do dia 6 de agosto a ucraniana inicia a defesa do título no WTA Premier de Montreal.
“A transição do saibro para a quadra rápida leva de 8 a 10 dias, mais a aclimatação e quase 10 horas de diferença", destacou o agente, que ainda destacou que ao iniciar o apoio à jovem ucraniana, ainda na adolescência, esta deixou seu país e aceitou viver em Karkiv, na Rússia, o que afastaria uma rejeição de Svitolina à nação de Putin.