X

Ruud surpreende Ferrer na Suécia e espanhol soma 8ª derrota para Next Gen no ano

Quinta, 19 de julho 2018 às 12:11:55 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aos 36 anos de idade, o ex-top 3 e atual 39º da ATP, o espanhol David Ferrer vive um momento delicado da carreira e foi surpreendido pelo norueguês Casper Ruud, 147º da ATP, de apenas 19 anos e somou sua 8ª derrotapara a Next Gen na temporada. 



Atual campeão do ATP 250 de Bastad, na Suécia, onde era o sétimo favorito e tem um total de três título (2007, 2012 e 2017), Ferrer foi surpreendido nas oitavas de final, sua estreia na competição, após 1h17 de partida pelo placar de 7/5 6/2 tendo vencido 63% dos pontos jogados com seu primeiros erviço contra 62% de aproveitamento do norueguês que converteu os cinco aces da partida e cometeu o mesmo número de duplas-faltas do espanhol, duas.

Ferrer saiu bem na partida, conquistou a quebra no terceiro game, abriu 3/1 e seguiu administrando o placar. Ao sacar pro set, foi quebrado e viu Ruud reagir, vencendo quatro game em sequência e conquistando quebra crucial para o primeiro set no décimo primeiro game.

Na segunda etapa, o espanhol jogou mal, foi dominado pelo backhand do norueguês, que abriu 5/0 com quebras no segundo e quarto games, acabou quebrado sacando pro jogo no sétimo game e conquistou nova quebra, em erros do espanhol fechando a partida.

Esta é a 14ª derrota do espanhol na temporada. Delas oito foram para tenistas que compõe a Next Gen [Próxima Geração] e têm menos de 21 anos. Três delas para o alemão Alexander Zverev (Rotterdã 2x0 em sets, Masters Miami 2x1 e Copa Davis 3x0); outras duas delas foram para o russo Karen Khachanov (Wimbledon 3x1 e Montpellier 2x1), uma para o espanhol Jaume Munar (Roland Garros 3x2), outra para russo Andrey Rublev (Australian Open 3x2).

No ano, Ferrer venceu apenas duas vezes tenistas da Next-Gen, o coreano Hyeon Chung na chave do ATP 250 de Auckland, na Nova Zelândia, e Rublev na estreia em Acapulco.

Rudd segue firme no torneio sueco e nas quartas aguarda pelo vencedor do duelo entre o francês Richard Gasquet e o austríaco Gerald Melzer.