X

Nadal se mostra frustrado, mas orgulhoso após queda para Djokovic

Sábado, 14 de julho 2018 às 12:57:04 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Uma mistura de sensações para Rafael Nadal após a derrota na batalha de 5h14min contra Novak Djokovic neste sábado na semifinal de Wimbledon. Ele se disse ao mesmo tempo frustrado, mas orgulhoso por fazer parte de uma batalha de alto nível.



“Foi uma grandíssima partida. Creio que nós dois oferecemos um altíssimo nível, sem dúvida foi um grande espetáculo para os torcedores. Mas bem, obviamente não estou feliz com o resultado, mas sim muito orgulhoso por ter feito parte de uma batalha como esta. Ainda não tive tempo de analisar porque perdi. Se tivesse quebrado o saque dele poderia ter ganho, claro. Tive grandes golpes e também alguns erros, mas é o que acontece quando se joga com esta intensidade, és fácil que algumas delas saíam", apontou o espanhol que comentou as chances perdidas, os três breaks no 7/7 no quinto set.

"No terceiro break-point voltei a defender, decidi ir até a rede depois de um grande backhand cruzado, essa jogada me funcionou bem em várias ocasiões Não penso se fiquei impaciente ou não, para mim ele deu uma grande passada, mas isso é o que é, faz parte do esporte".

"Normalmente costumo ser muito crítico comigo mesmo, mas hoje desenvolvi grandes golpes mesmo que também tenha cometido alguns vários erros. Mas dei minha melhor versão, ele me ganhou, foi melhor e é preciso parabenizá-lo". 

Sobre a rivalidade que agora vê Djokovic com 27 vitórias contra 25 dele, Rafa comentou: "Novak e eu jogamos muitas vezes, sempre em grandes estádios, compartilhamos vários grandes momentos em quadra. Hoje não fica nada dentro de mim, dei o melhor que tinha. Saio muito orgulhoso pelo que fiz no torneio, levo um bom caminho esta temporada, sempre é difícil voltar depois das lesões. Agora vou desfrutar de minhas férias".

Para Nadal, Djokovic está jogando "incrivelmente bem" novamente: "Está na final de Wimbledon, você não pode ir para a final deste torneio sem desenvolver um grande jogo".

Nadal teveh set-points no terceiro set ontem no último do primeiro dia do duelo que foi adiado por conta da lei municipal de não ter eventos esportivos após 23h. Para ele a sorte está com o vencedor: "Ontem podia ter ocorrido qualquer coisa e hoje também. No fim não creio na sorte, a sorte está sempre com o ganhador tanto ontem como hoje foi ele".

Sobre o jogo ser jogado ontem e hoje com o teto fechado, Nadal não concordou, mas falou pouco: "Prefiro não falar, não quero dar opinião para que vocês escrevam coisas. O árbitro é quem decide, se você começa jogando com teto fechado deve terminar com ele nas mesmas condições. Ontem começamos com o teto fechado para ganhar tempo, não creio que seja o correto, é só minha opinião".