X

'Não sou burro, se chegar na final não quero enfrentar o Federer', afirma Nadal

Sábado, 07 de julho 2018 às 15:04:57 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Rafael Nadal não alcança a final em Wimbledon desde 2011, desde aquele ano também não passa das oitavas do torneio, fase que se classificou hoje com a fácil vitória sobre o australiano Alex de Minaur, 80º, por 6/1 6/2 6/4.



Seu próximo rival será o tcheco Jiri Vesely, 93º, o qual venceu o único encontro no saibro de Hamburgo, na Alemanha, em 2015. A mídia perguntou sobre uma possível final e ele afirmou que se chegar lá não quer saber de encontrar Roger Federer.

"Não sou burro, se chegar na final iria prefeir encontrar com um oponente mais fácil que Federer. De todas as formas estar na final seria uma grande notícia e qualquer adversário difícil, claro."

A vitória deste sábado garantiu o tenista pelo menos até agosto no topo do ranking: "Obviamente, prefiro ser o número 1 do que o número 2, mas não vim aqui para manter o topo e sim tentar o melhor torneio possível, é muito positivo estar na segunda semana ganhando três jogos, cada um mais positivo que o outro. Estou muito contente como joguei nesta primeira semana. Certo que não joguei contra grandes sacadores, mas competi com gente que sabe jogar bem na grama".  

Duas vezes campeão do torneio e vencedor de 17 Grand Slams, Rafa foi questionado sobre motivação e ele disparou: "Se eu não tiver motivação para jogar Wimbledon melhor fazer outra coisa. Neste torneio não só os cabeças de chave são os mais fortes, por isso essa superfície é especial. As grandes surpresas são relativas. No vestiário não vemos dessa forma. A derrota de Cilic sim foi uma surpresa pois vinha jogando bem na grama".