X

Dzumhur bate Mannarino na final em Antalya e é 1º bósnio multicampeão na ATP

Sábado, 30 de junho 2018 às 11:30:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na final que reuniu os dois principais favoritos no ATP 250 de Antalya, an Turquia, melhor para o cabeça de chave dois, o bósnio Damir Dzumhur, 30º do ranking da ATP, que fez história ao superar o francês Adrian Mannarino, 24º.



Dzumhur precisou de 1h28 para fechar o placar em 6/1 1/6 6/1 tendo convertido oito aces contra um do francês, que venceu 63% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 72% de aproveitamento do bósnio.

A partida começou equilibrada, até que o bósnio engatou uma sequência de cinco games com quebras no quarto e sexto game e fechou a parcial. 

No set seguinte, Mannarino abriu 3/0 com quebra no segundo game, buscou dar o troco, conquistou quebra no sexto game e forçou o terceiro set.

Buscando não repetir o vice-campeonato da edição 2017 em Antalya, Mannarino venceu seu primeiro game de saque no set final em menos de um minuto, mas não rendeu, cometeu erros e parou na consistência de Dzumhur, que quebrou no quarto e sexto games confirmando o título.

Campeão em Moscou e São Petersburgo em 2017, Dzumhur já tinha marcado seu nome na história do tênis da Bósnia e Hezergovina a conquistar um título ATP e agora é o primeiro a ter três títulos.
A conquista na Turquia ainda dará a Dzumhur sua melhor colocação no ranking da ATP e figurará como 23º.

Os bósnios, este ano, já vibraram com a conquista de Mirza Basic em Sofia.

Mannarino, por sua vez, segue sem conquistar um título profissional e já tem a marca de cinco derrotas em finais de torneios nível ATP.