X

American Airlines terá de indenizar Fejão por atraso em voo

Terça, 26 de junho 2018 às 12:33:53 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro condenou a empresa aérea norte-americana American Airlines a indenizar o número cinco do Brasil e 323º do mundo, João Olavo Souza, em R$ 12 mil.



Feijão entrou com processo na justiça do Rio de Janeiro por danos morais ao se sentir prejudicado pela companhia aérea por ter tido a data de sua chegada à Leon, no México, alterada pela empresa. O tenista, que ia para a cidade mexicana para disputar um torneio do circuito sofreu um atraso de 14 horas durante a conexão feita em Dallas, nos estados Unidos, e foi obrigado a dormir em um hotel apenas com a roupa do corpo, pois a bagagem havia sido despachada em Miami, e depois retornar ao aeroporto às seis horas da manhã do dia seguinte.

O desembargador Alexandre Freitas Câmara, relator do caso de apelação do tenista de Mogi das Cruzes, pontuou que o atraso comprometeu o desempenho do atleta no torneio internacional em local com variação de altitude, onde era necessária a chegada prévia para climatização e descanso.

O valor fixado na sentença na primeira instância foi de uma indenização no valor de R$ 6 mil, mas o relator do caso apontou que este foi além dos aborrecimentos e angústia causados a Feijão, que sofreu desrespeito e descaso por parte da companhia, e os desembargadores concordaram em ampliá-la, informa o site do Tribunal de Justiça do Rio.

“Assim, diante das peculiaridades do caso concreto, ressaltando-se que o apelante é atleta de renome mundial e estava seguindo para competição internacional, e em virtude dos aborrecimentos e desgastes causados com o atraso de quatorze horas de voo, prejudicando o seu preparo e adaptação, deve ser provido o recurso para que seja majorado o valor da condenação”, escreveu o relator em seu voto, que foi seguido pelos demais desembargadores.