X

Boris Becker usou passaporte falso para burlar dívida em banco

Terça, 19 de junho 2018 às 10:19:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Mais um capítulo pavoroso na vida do tricampeão de Wimbledon, Boris Becker. De acordo com a agência AFP da África, o governo da Repúblico Central da África informou que o passaporte diplomático usado pelo ex-tenista é falso.



Becker teria falsificado um passaporte roubado em 2014 para ter imunidade em dívidas com um banco na Grã-Bretanha: 

"O passaporte diplomático que ele tem é falso", disse o chefe do staff do ministério das relações exteriores do país, Cherubin Moroubama à AFP: "O número serial do passaporte corresponde à passaportes roubados em 2014".

Além do mais o passaporte tirado em 19 de março de 2018 não tem a assinatura do ministro das Relações Exteriores, Charles Armel Doubane.

Na última sexta-feira os advogados do ex-tenista entraram com uma ação na Cortê da Grã-Bretanha com a posição de Becker trabalhando para o esporte da República Central da África o que daria imunidade diante da larga dívida ao ex-atleta de acordo com a Convenção Diplomática de Viena em 1961. Mas o país contestou e afirmou que o trabalho não existe e ainda que as questões financeiras não tem a ver com as esportivas.