X

Cecchinato destaca sonho realizado e melhor momento da vida

Terça, 05 de junho 2018 às 19:15:29 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Marco Cecchinato, de 25 anos, apenas 72º do mundo, e sem nenhuma vitória de Grand Slam até chegar em Roland Garros e atingir a semifinal derrotando Novak Djokovic, campeão de 2016, em batalha de quatro sets com 6/3 7/6 (7/4) 1/6 7/6 (13/11).



Ainda em quadra o italiano que quebrou uma série de 40 anos sem jogadores do país na semi do torneio, expressou seu espanto: "É um sonho pra mim tudo isso. É incrível, estou muito feliz, não posso acreditar que ganhei do Djokovic nas quartas de Roland Garros. Devo estar sonhando", afirmou o tenista ainda em quadra logo retrucado por Cedric Pioline: "Você não está sonhando". "Você está certo que não estou sonhando ? Ganhei de verdade do Djokovic em Roland Garros", disse.

 

 

"No terceiro set me sentia muito cansado, mas depois de estar uma quebra abaixo no quarto comecei a me sentir melhor e jogar bem novamente e veio o tiebreak. Ali joguei muito bem, com pontos muito bons. Parece que passou um mês desde minha partida contra [Marius] Copil na primeira rodada. Estou muito feliz. Já me sentia muito feliz com a vitória aqui. Agora é jogo a jogo, sinto que posso ganhar na próxima rodada também. Este é um momento especial pra mim".

Para fechar o jogo o tenista precisou de vários match-points em um tie-break emocionante: "É complicado expressar o que sentia, estava muito nervoso pois tive vários match-points e não convertia. O coração estava a mil. Daí meti aquela bola daquela maneira e quando vi que tinha entrado foi o melhor momento de minha vida".

Para o italiano que agora será top 30, sua vida mudará depois do torneio: "Minha vida mudou, depois desse torneio irei descansar, sentar e assimiliar em que situação encontra minha vida. Necessito me dar conta do que está ocorrendo. Vou jogar a semi de Roland Garros!"