X

Zverev: 'Pensei seriamente em desistir do jogo'

Terça, 05 de junho 2018 às 15:57:06 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após sofrer com uma lesão no posterior da coxa na partida de quartas de final de Roland Garros, o alemão Alexander Zverev conversou com a imprensa, explicou seus momentos de dor em quadra e ressaltou a qualidade de seu algoz, Dominic Thiem.



Já no inicio da coletiva de imprensa, o alemão foi questionado sobre que tipo de lesão carrega: "Não sei o que tenho exatamente. Assim que acabar essa coletiva farei uam ressonância já que esse tipo de lesão nos músculos apenas se podem ver assim, apesar de que normalmente é preciso esperar uns dias para que a inflamação diminua. Logo vou pra cada e verei o que é".

Sascha confessou que pensou seriamente em abandonar a partida em virtude das dores: "Pensei seriamente nisso, mas não queria abandonar nas minhas primeiras quartas de final em um Grand Slam. Sabia que não venceria, não tinha como porque sequer poderia me mexer ou sacar, mas queria finalizar o jogo e dar o reconhecimento da vitória a Thiem, que merece estar nas semifinais com uma vitória e não pelo abandono do seu rival", comentou.

Zverev contou aos jornalistas que se sentiu bem durante o aquecimento, que acordou descansado e que estava mentalmente preparado para o jogo. Entretanto, uma pontado numa disputa no quarto game e outras que foram aparecendo após disputas longas chegaram a um ponto em que não conseguia suportar a dor.

O saldo do jovem de 21 anos é positivo: "Deixo paris de forma positiva. Ganhei três jogos em cinco sets, alcancei minhas primeiras quartas de final de um  Grand Slam. A temporada no saibro foi muito positiva, perdi apenas três jogos e diante de grandes jogadores. Saio com dois títulos e duas finais de Masters 1000. Espero poder me rcuperar bem e estar pronto para a temporada na grama".

O alemão acredita que seu algoz tem plenas chances de chegar à final. Comentou isso antes do final da partida entre Novak Djokovic e Marco Cecchinato. Dstacou melhorias no jogo do austríaco e pontuou que sua bola tem estado "muito pesada e tem falhado pouco". Para Zverev, a final poderá ser entre Rafael Nadal e Alexander Zverev.