X

Djokovic: ‘Não me agrada que os jogadores fiquem fora de algumas decisões’

Domingo, 03 de junho 2018 às 18:28:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O sérvio Novak Djokovic demonstrou que seu jogo está retornando à boa forma neste domingo, ao superar o espanhol Fernando Verdasco para atingir as quartas de final de Roland Garros. Apesar da felicidade, o sérvio demonstrou irritação com certos assuntos por parte da organização.



No início da partida, Djokovic conversou com o juiz de cadeira sobre molhar ou não a quadra, uma situação que fez o sérvio compartilhar sua reflexão com a imprensa. “O que não me agrada é que não se conte as coisas aos jogadores. Não fazem perguntas aos jogadores para tomar decisões. Somos nós que estamos jogando, deslizando, nos movendo, logo somos nós que podemos dar a melhor informação. Mas não parece que se preocupam o suficiente com nossa opinião e isso é algo que não me agrada. Se chegamos ao consenso de que devemos molhar ou não, está ótimo se falam comigo ou com os jogadores. Sai a maioria decide que não deve ser molhada, perfeito. Mas acredito que não merecemos ser parte desta decisão”.

Por fim, Djokovic falou sobre a sensação de alcançar a antepenúltima rodada de um Grand Slam. “Sim, é importante para mim, obviamente, especial considerando as circunstâncias nas quais estive nos últimos 15 meses, de modo que é um grande feito chegar às quartas de final deste torneio. Sempre busco a melhor forma possível para alcançar meu máximo nos Slams. Como disse antes, Roma foi o melhor torneio que fiz este ano, e agora Roland Garros provavelmente seja ainda melhor. Mas não quero parar por aqui”, analisou.