X

Nadal pode ter Djokovic nas 4ªs de final em Monte Carlo

Sexta, 13 de abril 2018 às 13:10:45 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O número 1 do mundo, Rafael Nadal, não terá vida fácil desde o inicio da campanha pelo 11º título do Masters 1000 de Monte Carlo, em Mônaco, e pode encarar o sérvio Novak Djokovic, ex-número 1 e atual 12º, já nas quartas.



Nadal estreia de bye e encara na segunda rodada o vencedor do duelo entre um tenista vindo do qualificatório e o esloveno Aljaz Bedene. Se avançar à terceira rodada o espanhol pode ter pela frente o francês Adrian mannarino, cabeça de chave 16, que estreia contra seu compatriota Gilles Simon, convidado da organização.

Já nas quartas de final da competição, rafa pode ter o sérvio Novak Djokovic, que estreia contra um tenista vindo do quali, na segunda rodada pode encarar o croata Borna Coric, que estreia contra o francês Jullien Benneteau e na terceira rodada pode encarar o austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave cinco, que estreia de bye e encara o vencedor da partida entre o russo Andrey Rublev e o holandês Robin Haase.

Nas semifinais, o adversário de Nadal poderá ser o búlgaro Grigor Dimitrov, cabeça quatro, que estreia de bye e encara o vencedor do duelo entre o italiano Paolo Lorenzi e o sérvio Filip Krajinovic.

Do outro lado da chave, o croata Marin Cilic é o cabeça de chave dois, estreia de bye e encara na segunda rodada o vencedor do duelo entre o espanhol Fernando Verdasco e o uruguaio Pablo Cuevas. Nas quartas de final, Cilic pode ter pela frente o espanhol Pablo Carreño Busta, cabeça oito e que estreia contra o vencedor do duelo entre o ucraniano Alexandr Dlgopolov e o britânico Kyle Edmund.

Cabeça de chave três, o alemão Alexander Zverev pode ser o rivald e Cilic numa possível semifinal. O alemão estreia de bye e encara o vencedor do duelo entre um tenista vindo do quali e o luxemburguês Gilles Muller.

O lado de baixo da chave ainda conta com duelos como o tcheco Tomas Berdych e o japonês Kei Nishikori na primeira roada e o alemão Mischa Zverev e o jovem canadense Felix Aliassime.