X

Zwetsch confirma Monteiro e Clezar nas simples contra a Colômbia

Quarta, 04 de abril 2018 às 15:18:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Conforme o duelo contra a Colômbia no final de semana se aproxima, o capitão da equipe brasileira na Copa Davis, João Zwetsch, anunciou nesta quarta-feira quem serão os raquetes 1 e 2 no primeiro dia de jogos.



Crédito: Juan Manuel Maldonado - Fedecoltenis

O capitão confirmou que os jogadores que estarão em quadra nesta sexta, para as partidas de simples, serão Monteiro e Clezar. “Os titulares serão Clezar e Monteiro, para as simples e Melo e Demoliner nas duplas. Essa é a ideia inicial”, comentou.

As condições locais também parecem ter agradado bastante os brasileiros, como comentou o líder da equipe. “Tivemos três dias de treinos, as condições me pareceram muito boas e as bolas são igualmente boas. A única coisa a qual precisamos nos adaptar foi o vento. Às vezes venta forte, às vezes venta fraco, mas o vento é constante”.

Principal nome da equipe, o número 1 do ranking de duplas Marcelo Melo também falou um pouco à organização do duelo sobre seus companheiros de equipe. “Eles são jovens, mas já disputaram a Copa Davis. Nós temos um embate muito duro contra a Colômbia, uma nação que já enfrentamos diversas vezes. Para mim, eles têm experiência suficiente para saber como jogar esta série, pois a Colômbia tem uma equipe muito forte. O que eu procuro fazer é passar o máximo de experiência e liderança para eles, nestes mais de 10 anos de Copa Davis”, pontuou.

Thiago Monteiro, raquete 1 em simples, vive um momento complicado no circuito, onde já acumula seis derrotas seguidas. No entanto, o cearense garante ter uma motivação extra para a Copa Davis. “Creio que treinei muito bem, as condições aqui são muito similares às do Rio de janeiro, onde vivo. A verdade é que tive partidas difíceis, onde não consegui sair com a vitória, mas a Copa Davis é algo completamente diferente, onde jogamos com o coração. Todos os tenistas sobem de nível aqui. Espero poder fazer o mesmo”.

À pedidos da ITF, o horário dos jogos de sexta foi alterado para à partir das 17h, no horário de Brasília. Para o sábado mantém-se o horário original de 17h.