X

Del Potro salva 3 match-points, derruba Federer e é campeão em Indian Wells

Domingo, 18 de março 2018 às 19:55:01 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Depois de 17 jogos e 17 vitórias, chegou ao fim a invencibilidade e recorde de Roger Federer no começo de 2018. O argentino Juan Martin Del Potro, oitavo do mundo, jogou um alto nível e impôs a primeira derrota do suíço na temporada para conquistar o título do Masters 1000 de Indian Wells.



Leia Mais:

É tão grande. Não acredito que venci Federer e o título, vibra Delpo

Vou superar essa derrota, diz Federer

 

O natural de Tandil marcou 2 sets a 1 contra o líder do ranking com parciais de 6/4 6/7 (10/8) 7/6 (7/2) após 2h41min de duração. Esta é a primeira conquista de Masters de Delpo em sua quarta final. Ele já havia sido vice na Califórnia em 2013 e em Xangai naquele ano e em Montreal em 2009. Foi campeão do US Open em 2009, seu único Slam.

É também o 22º troféu do argentino, segundo seguido. Campeão do ATP 500 de Acapulco, no México, Delpo soma sua 11ª vitória seguida e vence Federer pela sétima vez em 25 partidas.

Federer tinha seu melhor começo de ano superando 2006 quando venceu seus 16 primeiros jogos e terminou a temporada com 12 títulos e 92 vitórias contra cinco derrotas.

O jogo

Federer começou pressionando com 0/30 e depois 15/30, mas sempre bons serviços e direitas salvaram Delpo que conseguiu a quebra no quinto game contando com erros de Roger na direita. Ele abriu 4/2 e em 34 minutos fechou por 6/4 confiante no serviço.

Delpo teve um 15/40 logo no começo do segundo set, mas o serviç oe o forehand do natural da Basileia funcionaram para se manter no jogo. Em seguida o duelo foi serviço a serviço até Federer ter dois set-points com um 15/40 no serviço do sul-americano. Delpo aplicou um winner na linha de direita e Roger cometeu erro no seguinte e o argentino igualou em 5 a 5. O duelo foi ao tie-break e Federer fez a diferença com um winner de forehand para abrir 6 a 3 e chegou a fechar por 7/6 (7/5), mas o ponto retornou, Delpo virou, teve um match-point, mas Federer se safou e no sexto set-point concluiu após muita reclamação do argentino: 7/6 (10/8).

 

Na terceira etapa muito equilíbrio nos serviços até Roger encaixar linda devolução cruzada, aproveitar segundo break e abrir 5 a 4 e saque. Federer serviu, abriu 40 a 15 e três chances de fechar o jogo com match-point, mas Delpo jogou firme com a direita em todas, na última com passada. Na segunda oportunidade de quebra soltou um foguete no forehand e empatou em 5 a 5. Federer ficou furioso, mas levou ao tie-break. No desempate o argentino foi firme, abriu 5 a 0 diante de vários erros do europeu e concluiu a enorme vitória com erro do suíço por 7/6 (7/2).