X

Jarry para Zeballos e faz 1ª final ATP da carreira em São Paulo

Sábado, 03 de março 2018 às 16:48:39 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Grande sensação da chave do Brasil Open, o chileno Nicolas Jarry, 73º do ranking da ATP, chegou à primeira final em nível ATP de sua carreira, após superar o argentino Horacio Zeballos, 69º, e algoz de Gael Monfils, Thomaz Bellucci e Rogerinho.



Jarry precisou de 2h para alcançar a sexta vitória de virada na temporada com lacar em 6/7 (5) 6/4 6/3 tendo convertido 10 aces contra nove de Zeballos, que salvou cinco matchpoints e lutou atáo último ponto.

A partida começou com os dois tenistas mantendo suas táticas firmes e sólidas, Jarry optou por forçar saque e Zeballos também buscando evitar trocas e quando as tinha alongou para definir no backhand. Em toda a disputa do primeiro set, Zeballos venceu cinco pontos no saque de Jarry, incluindo duas mini-quebras no tiebreak. O chileno também venceu cinco, sendo uma mini-quebra no tiebreak. O equilíbrio do jogo refletiu uma definição no tiebreak.

Ali, Jarry abriu cometendo erro com forehand na paralela e viu o argentino confirmar seus saques com ace, mas vacilar no sexto ponto, arriscar com forehand e mandar bola pra fora.
A disputa seguiu equilibrada e com belíssima devolução, forçou Jarry a trocar bolas e definiu com forehand na paralela forçando o erro do jovem, que cedeu nova mini-quebra no décimo segundo ponto e fechou o primeiro set.

Na segunda etapa, o jogo manteve-se equilibrado e com a mesma tática, até que no nono game, Jarry arriscou com forehand na devolução, quebrou de zero e sacou sólido para a disputa do terceiro set.

Nele, o primeiro game foi totalmente diferente do resto da partida, com disputa longas, demorou 12 minutos e um breakpoint salvo para Zeballos confirmar. Jarry, seguiu arriscando na devolução e conquistou a quebra em erro de Zeballos com backhand no terceiro game, abriu 3/1 e arriscou na devolução no nono game, teve cinco match-points salvos pela garra e experiência do argentino e