X

Zeballos é só alegria: 'Foi uma batalha linda, me senti como no futebol'

Sexta, 02 de março 2018 às 20:20:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Ariane Ferreira - O argentino Horacio Zeballos está gostando da festa realizada pela torcida em São Paulo, mesmo que seja a favor de seus adversários, e segue firme no torneio paulistano, onde aguarda, em suas palavras, adversário duro.



"Foi uma batalha muito linda e o público curtiu muito", assim o argentino resumiu a partida diante de Rogerio Dutra SIlva todo sorridente. "Infelizmente não foi possível um brasileiro chegar na semifinal, mas eu acredito que ele deixou tudo de si em quadra e é isso que realmente vale", concluiu.

Questionado sobre estar em sua terceira partida enfrentando também a barulhenta torcida paulista - o argentino vem de vitórias contra Thomaz Bellucci e Gael Monfils: "Eu adoro. Já disse ontem, já vim muitas vezes aqui e sei que sempre vão me acontecer essas coisas, eu curto. Tomara que venham amanhã".

Zeballos comentou um dos momentos em que chamou a torcida para incentivar os jogadores: "Aquilo estava ótimo. Eu estava me sentindo como se estivesse em um campo de futebol e incentivei assim: 'gritem mais, gritem mais'. Isso é algo que você precisa curtir, mesmo que te digam alguma coisa. Eles dizem as coisas para beneficiar o outro, não para que prejudique alguém", opinou.

A chave para a vitória, segundo o argentino, foi a tranquilidade que teve. "Tenisticamente, somos dois jogadores muito parecidos e estar tranquilo nos momentos de pressão foi muito importante", analisou.

Ao ser questionado sobre seu possível adversário na semifinal, Zeballos ressaltou que Albert Ramos Viñolas está jogando em alto nível há algum tempo e que Nicolas Jarry, é jovem, mas tem demonstrado "um grande nível de tênis". Para o canhoto, o duelo será duro.

"Espero que amanhã a torcida esteja comigo", finalizou ele pedindo apoio na semifinal