X

Norman: ‘As ausências deste ano facilitaram para Federer e Nadal’

Quinta, 23 de novembro 2017 às 19:12:51 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Roger Federer e Rafael Nadal tiveram uma temporada incrível, sem sombra de dúvidas. No entanto, nem todos concordam que tais resultados foram apenas méritos dos próprios, como já havia dito Severin Luthi e agora Magnus Norman.



“Sem Murray, Djokovic e Stan (Wawrinka), o Roger e o Rafa aumentaram as chances de serem número”, disse o sueco ao Tennis Circus. “Não lhes tiro o mérito, mas acredito que sem eles no circuito foi mais fácil. Roger provou que se pode ser competitivo aos 36 anos desde que o físico e a mente permitam. E o Rafa, para mim, é um extraterrestre que superou todos os obstáculos em seu retorno. Voltar a ser número um do mundo dez anos após a primeira vez significa que é um campeão”.

O segredo para o sucesso dos jogadores que dominaram a temporada, segundo Norman, tem tudo a ver com gestão e foco das prioridades. “Eles têm objetivos muito concretos, planos para alcança-los e uma equipe para contornar obstáculos, proporcionando-lhes tranquilidade. Acho que isso pode ser aplicado em qualquer nível e é a fórmula para o sucesso. Os jogadores têm ferramentas precisas, plano de jogo definido, são fisicamente fortes e estão comprometidos ao máximo”, declarou o ex-treinador de Wawrinka.