X

Wawrinka sofre, mas está na 3ª rodada em Wimbledon

Quinta, 26 de junho 2014 às 13:26:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Semifinalista do US Open 2013 e campeão do Australian Open 2014, o número 3 do mundo Stanislas Wawrinka teve que suar muito para vencer na segunda rodada contra o taiwanês Yen-Hsun Lu, 47º, em Wimbledon. A partida, que teve parciais de 7/6(6) 6/3 3/6 7/5, durou 2h22.

O início de partida do número 1 da suíça não foi dos mais animadores, tendo seu saque ameaçado de vez em quando e ameaçando o saque de Lu quase sempre, Wawrinka conseguiu confirmar seus games até nono game do set, quando salvou 2 dos 3 break points que Lu teve. O taiwanês, então, sacava para fechar o primeiro set quando o suíço mostrou porque é o número 3 do mundo e devolveu a quebra de zero. O set foi para a definição no tie-break, onde Lu rapidamente abriu 5/1. No entanto, Wawrinka não se deu por vencido, correu atrás, virou o tie-break e fechou por 8/6, após 53 minutos.

Passado o sufoco do primeiro set, Wawrinka jogou bem melhor no segundo, enquanto Lu apenas manteve a qualidade apresentada no primeiro. Ambos os tenistas confirmaram seus saques sem problemas até o sétimo game, quando Wawrinka voltou a crescer no jogo e quebrou o saque do taiwanês. O suíço voltaria a quebrar o saque do adversário para fechar o set por 6/3 em 33 minutos.

Com a tranquilidade da vantagem de 2 sets a 0 Wawrinka relaxou. Foi o momento do bote de Lu, que logo no terceiro game do set conquistou a quebra contra a Wawrinka, e mesmo sofrendo uma quebra de saque logo em seguida, Lu manteve a postura agressiva e voltou a quebrar o saque do adversário no sétimo game. O taiwanês sacou, abriu 5/3 e voltou a quebrar o saque do suíço para fechar o terceiro set por 6/3 em 31 minutos.

No quarto e último set, o jogo foi tomado pela tensão, Wawrinka ficou errático e teve que sair de vários buracos se salvando sempre com seu potente saque. O jogo seguiu enrolado, com Wawrinka salvando vários break points, até o 11º game, quando o suíço botou a cabeça no lugar, lutou com muita garra e conquistou a quebra de saque. Em seguida ele sacou e fechou o set por 6/5 em 45.

Pela primeira vez desde 2009 o suíço chega à terceira rodada em Wimbledon e tenta repetir seu melhor resultado que foi oitavas de final em 2008 e 2009. O suíço agora terá pela frente o uzbeque Denis Istomin, que venceu o alemão Julian Reister por 7/6(7) 6/4 6/4.