X

Berdych vira, Gulbis vence e Verdasco é eliminado em Wimbledon

Segunda, 23 de junho 2014 às 11:41:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O torneio de Wimbledon começou quente na chave masculina, Fernando Verdasco, da Espanha, 24º, sofreu a primeira zebra diante do australiano, 58º, Marinko Matosevic. O tcheco, 6º do mundo, Tomas Berdych virou contra Hanescu, enquanto Gulbis venceu em três sets.

Primeira zebra do torneio, Verdasco, ex-top 6, foi dominado por Matosevic caindo por 6/4 4/6 6/4 6/2, Matosevic, que venceu apenas seu segundo jogo em Grand Slams, terá pela frente o vencedor do jogo entre o francês Jeremy Chardy e o britânico Daniel Cox.

Em outra partida válida pela primeira rodada, o tcheco Tomas Berdych, finalista do torneio em 2010, tinha tudo para fazer uma estreia tranquila, mas acabou encontrando uma partida dura. Hanescu, com seus potentes saques, conseguiu tirar grande proveito do fundamento saindo na frente, mas caiu por 6/7 (7/5) 6/1 6/4 6/3. Tomas pega o vencedor da partida entre o australiano Bernard Tomic e o russo Evgeny Donskoy.

Semifinalista em Roland Garros há poucas semanas, o letão Ernests Gulbis, 10º do ranking, teve uma partida um tanto quanto estranha contra o estoniano, 272º do mundo, Jurgen Zopp. Gulbis teve um primeiro set instável, disparou 5 aces mas cometeu 4 duplas faltas, teve 18 winners contra 8 de Zopp, e cometeu 11 erros, mesmo número de seu adversário. Apesar destas diferenças, a partida foi definida apenas no tie break, onde o letão venceu por 9 a 7, após 44 minutos. No segundo set, Gulbis se mostrou um pouco mais estável, disparou 8 aces, cometeu duas duplas faltas, fez 13 winners e 6 erros não forçados, enquanto Zopp fez 2 aces, 3 duplas faltas, 11 bolas vencedoras e cometeu 13 erros. Conquistando uma quebra em uma chance, Gulbis levou o segundo set por 7/5, após 45 minutos. O terceiro set foi, então, o mais complicado de toda a partida. Cada tenista teve seu saque quebrado uma vez, mantenho o set totalmente parelho, Gulbis disparou 9 aces contra 3 de Zopp e cometeu 2 duplas faltas contra nenhuma do estoniano. Até os winners e erros não forçados foram equilibrados, 16 e 14 de Gulbis e 14 e 13 de Zopp, respectivamente. O set foi para o tie break, assim como o primeiro e Gulbis venceu por 12/10, em 1h02, tendo vencido apenas um ponto a menos que Zopp na parcial, 45 contra 46. Gulbis agora terá pela frente o ucraniano Sergiy Stakhovski que venceu o argentino Carlos Berloq por triplo 6/3.