X

Azarenka tem dificuldades, mas vence na estreia em Wimbledon

Segunda, 23 de junho 2014 às 11:09:30 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
A ex-líder do ranking da WTA e atual nona, Victoria Azarenka, encontrou dificuldades em sua estreia em Wimbledon contra a experiente croata Mirjana Lucic-Baroni, 108ª da WTA, mas venceu. Vika não vencia desde o fim de fevereiro, quando se afastou para tratar uma lesão no pé.

A bielorrussa precisou de 1h31 para superar a crata de 32 anos pelo placar de 6/3 7/5 em um jogo duríssimo. Azarenka converteu três aces contra quatro da croata e venceu 78% dos pontos disputados com primeiro serviço contra 53% de Lucic-Baroni, que cometeu apenas uma dupla-falta e viu Vika cometer oito.

Lucic-Baroni, que em todo o jogo bateu 19 bolas vencedoras contra 15 da rival, começou o jogo sacando firme e buscando ser agressiva. Forçando bolas, Lucic teve o serviço quebrado no terceiro e quarto game, viu Azarenka abrir 4/1 na primeira etapa, mas não se deu por vencida. A croata pressionou o serviço de Vika, manteve o jogo agressivo devolvendo uma das quebras no sétimo game, mas Lucic-Baroni se complicou no nono game, teve o serviço quebrado mais uma vez e saiu um set abaixo.

O set contra não desanimou a croata, que cometeu 23 erros não-forçados contra 17 de Azarenka em toda a partida. Mantendo o jogo agressivo, Lucic-Baroni abriu o segundo set com uma quebra, abriu 2/0 e passou a administrar a vantagem. Vika, por sua vez, não queria jogar uma terceira parcial, tentou pressionar e devolveu a quebra de saque no sexto game. No game seguinte foi a vez de Lucic-Baroni pressionar e conquistar uma nova quebra, que lhe foi devolvida no décimo game, quando sacava para o set e chegou a ter setpoint. Vika seguiu firme, confirmou serviço e quebrou o saque da croata no décimo segundo game fechando o placar.

Após vencer sua primeira partida em três meses, Azarenka encara a sérvia Bojana Jovanovski, 46ª, que superou a sueca Johanna Larsson, 80ª, pelo placar de 7/6 (2) 6/0. Azarenka e Jovanoski se enfrentaram apenas uma vez no circuito, na própria grama de Wimbledon, na edição 2010. Vika venceu com tranquilidade.