X

De Paula tira favorito e vai às 4ªs no Marrocos. Clezar fora

Quarta, 18 de junho 2014 às 14:25:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional


O carioca da Rocinha superou o egípcio Mohamed Safwat, 226º colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 7/5 7/6 (7/5) após 2h06min de duração: "Foi um jogo duro, o cara pega pesado na bola, a chave foi me manter sólido e tranquilo, sendo agressivo quando precisava. Estou construindo um bom padrão de jogo, algo que tenho que agradecer aos técnicos da Tennis Route em conversas de como poder colocar isso no meu jogo. Conversar tanto aqui com o João Zwetsch e com o Paulo Roberto bem como com o Duda Matos e o Rogério Melzi no Rio de Janeiro. Tudo isso vem fazendo que essa semana esteja sendo muito positiva para mim", continuou.

De Paula lutará por vaga na semifinal nesta quinta-feira diante do principal favorito, o espanhol Pablo Carreno-Busta, 61º do mundo: "Ele é um cara que joga muito bem, é sólido e está confiante. Vai ser um ótimo jogo e estou confiante".

Quem não se deu bem foi o gaúcho Guilherme Clezar, 204º, que foi eliminado pelo sérvio Pedja Krstin, 291º, por 6/3 6/4.

O torneio no piso de saibro distribui 42,5 mil euros em premiação e dá 80 pontos no ranking mundial ao campeão.

A Tennis Route, idealizada por Rogério Melzi tem a coordenação administrativa de Miguel Tepedino e técnica dos sócios, Eduardo "Duda" Matos, João Zwetsch e Walter "Gringo" Preidkman, contando com cerca de 20 atletas entre eles Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner. A Academia, que está situada no Rio de Janeiro, no Recreio dos Bandeirantes em anexo ao hotel Atlântico Sul, é patrocinada pelas empresas Estácio, Unimed e Bichara Advogados além do staff citado acima, conta com treinadores assistentes, rebatedores, preparador físico, e fisioterapeutas e de suporte nas áreas de medicina esportiva, psicologia, e nutrição. A infraestrutura segue recebendo investimentos em melhorias com o objetivo de tornar o ambiente cada vez mais propício ao desenvolvimento do esporte. E, falando em ambiente, o clima entre os atletas, membros da equipe, patrocinadores, e apoiadores, segue como um dos pontos fortes desse projeto que cada vez mais ocupa seu espaço no tênis brasileiro.