X

Federer ri de si mesmo com erro na contagem e gafe em fim de jogo

Sábado, 14 de junho 2014 às 17:52:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O bom-humor tomou conta de Roger Federer em coletiva de imprensa onde confessou ter sido a primeira vez ter confundido o placar e não ter se dado conta que havia vencido uma partida nesta que foi sua vitória 956 em 1178 jogos na carreira, apenas em simples.

Federer fechou a partida por 6/3 7/6 (7/4) contra o japonês Kei Nishikori, 12º colocado, na semifinal do ATP 250 de Halle, na Alemanha, mas não foi cumprimentar o asiático na rede jogando a bola para o outro lado e voltando pro fundo. Quando então todos riam junto com Nishikori ele pediu desculpas e consultando o juiz foi para o tradicional cumprimento de fim de encontro.

"Foi a primeira vez. Pelo menos não lembro de outra vez em mais de mil jogos (risos). Esse é o primeiro. Começou cedo. Pensava que quando estivesse no saque estaria acima 4 a 3 e daí havia marcado 5 a 3 e depois 6 a 3 e ele teria dois saques e se fizesse os seus pontos ainda sacaria com 6 a 5. Contei errado os dois pontos anteriores. Por isso não me dei conta do grande aplauso que teve. Daí olhei pro árbitro que estava rindo, pro Nishikori na rede, olhei pro meu box e todos riam. Daí eu pensei 'O que está acontecendo aqui, a partida terminou ?' Daí chequei o placar e me dei conta que tinha acabado (risos) especialmente pois Nishikori estava rindo. Pedi desculpas a ele e disse que pensava que o placar estava em 6 a 3. Fui muito divertido".

Sobre o jogo, Federer destacou suas seguidas subidas à rede como fundamentais: "Estava pensando em fazer isso quando conversei com meu técnico. Queria fazer algumas vezes, variar o jogo e me dei conta de que estava funcionando e sacava melhor às vezes quando sacava e voleava. Então segui", disse.

"Não fiz muito isso no segundo game (segundo set) onde fui quebrado e o Kei teve um bom game, errei alguns primeiros serviços também, mas foi uma boa decisão fazer mais no final pois tirou o ritmo do Kei e continuei perigoso na devolução algo que ele não gosta muito. Ele gosta de ritmo. Mas o jogo foi numa quadra rápida e poucos pontos decidiram, ainda bem que veio pro meu lado".