X

Tenistas cubanos fogem e pedem refúgio aos Estados Unidos

Sexta, 13 de junho 2014 às 15:50:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
De acordo com o site cubano Cafefuerte dois tenistas profissionais de Cuba desertaram do país após abandonar a equipe cubana na cidade de Palmar del Mar em Porto Rico e chegaram nesta terça-feira em Miami, nos Estados Unidos, onde pediram asilo político.

Randy Blanco e Ernesto Alfonso, de 22 e 24 anos de idade respectivamente, faziam parte da equipe do país que foi à Porto Rico disputar uma vaga no Grupo II no Zonal Américas da Copa Davis em 2015. Os dois formaram a dupla do país que empatou o confronto com o país anfitrião, que acabou em 2x1 para Porto Rico.

Blanco e Alfonso são a dupla 177 do ranking da ATP e são apenas mais alguns jovens tenistas do país que desertaram nos últimos 20 anos.

O primeiro a dar exemplo foi Mario Iván Tabares, estrela local, que em 1995 também fugiu para os Estados Unidos. Em 2008 Luis Javier Cuéllar e Alexander Peláez fugiram enquanto disputavam o Future de Guadalajara, no México, e pediram asílo ao país. Em 2006, Ricardo Chile, considerado um dos maiores talentos do país, também pediu asilo ao México.