X

Federer admite pressão em Halle e mais tranquilidade para Wimbledon

Terça, 10 de junho 2014 às 09:37:53 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Heptacampeão de Wimbledon, Roger Federer estreia nesta quarta ou quinta-feira no ATP 250 de Halle, na Alemaha, com um sentimento diferente, querendo uma prova que ainda pode alcançar voos altos no tênis. O tenista admite estar mais pressionado esse ano nos eventos.

Leia Mais:
Federer aplaude título de Nadal em Paris

Após ganhar Halle em 2013, Federer parou na segunda rodada de Wimbledon para o ucraniano Sergyi Stakhovsky: "É um período interessante pois tenho meu título a defender aqui e em Wimbledon não tenho nada a defender. Tenho que me provar de alguma forma. Na verdade é algo errado pra mim pois normalmente a pressão em Wimbledon é maior por causa dos pontos e da vontade de se querer jogar bem", disse o suíço.

"Mas esse ano devo chegar à Wimbledon mais relaxado. A pressão aqui é grande, pois quero jogar bem. A chave em Halle é dura, não é fácil mirar o título, mas claro que estou aqui e quero ganhar o troféu e jogar bem. É minha prioridade".

Seu rival de estreia na Alemanha será o português João Sousa. Federer trabalhou bastante na parte física após a queda nas oitavas de Roland Garros no final de semana retrasado. Na grama ele tem 122 vitórias e 18 derrotas somando 13 conquistas, seis delas em Halle.

"O primeiro dia no sábado (de treinos no piso) não foi fácil. Curti, mas vi que não estava sentindo bem meu jogo. Fiquei chateado após o treino, ontem já foi melhor. Mesmo assim estou curioso para ver como irei hoje. Acho que achei o ritmo, é importante seguir jogando pontos para melhorar a rapidez das decisões já que não há muito tempo. É preciso adaptar propriamente e ser criativo. Mesmo sendo frustrante, os treinos são divertidos".