X

Toni Nadal vibra com 9º título de pupilo em Paris: 'É incrível'

Domingo, 08 de junho 2014 às 16:16:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Toni Nadal, tio e técnico de Rafael Nadal, lembrou de seus tempos de jogador, do domínio do sueco Bjorn Borg que venceu o torneio de Roland Garros seis vezes e destacou o feito de seu pupilo que venceu Roland Garros pela nona oportunidade, batendo Novak Djokovic.

“Pra mim é incrível. Eu vivi a época de Bjorn Borg e parecia que repetí-lo seria incrível. Não parecia que alguém o pudesse superar e vi como, anos mais tarde, que meu sobrinho conseguiu e ganhou nove vezes”, disse Toni que parabenizou Rafa após a vitória por 3/6 7/5 6/2 6/4: “Não sou de dedicar, mas essa vitória quero dedicar ao próprio Rafa. Ele merece”.

Toni comentou a falta de confiança que Nadal chegou em Paris. Ele conquistou apenas um título na temporada europeia no saibro perdendo três vezes, inclusive uma para Djokovic na final de Roma: “Essa foi a primeira vez que viemos perdendo tantos jogos no saibro no ano. Perdemos em Monte Carlo, Barcelona e Roma. Mesmo que tenha ganhou em Madri, Nishikori teve que abandonar naquela final. Chegamos com menor confiança”.

Toni comentou sobre o duelo: “Djokovic jogou bem o primeiro set, Nadal não estava mal, mas cometeu alguns erros e quando se enfrenta o Novak não há espaço para equívocos. A partida foi para sua cabeça e o nível de Djokovic caiu um pouco no segundo set. Todos sentimos e Nadal deu um passo adiante. Esse jogo não teve o mesmo nível da final de 2012 e da semifinal passada, mas foi muito intensa”.

O tio do agora dono de 14 Grand Slams relatou que Nadal não estava bem fisicamente no fim da partida: “No fim do quarto set Nadal estava com cãibras por todo lado e quase não podia seguir. Tivemos que dar um incentivo nele porque se não ganhasse no quarto set, perderia no quinto pois Novak estaria mais forte que ele. No fim do jogo ele veio até mim na arquibancada e disse que precisava do médico pois estava exausto”.