X

Sharapova sofre, mas bate Bouchard e chega à 3ª final consecutiva em Paris

Quinta, 05 de junho 2014 às 12:55:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Procurando chegar à sua terceira final consecutiva em Roland Garros, a russa Maria Sharapova, 7ª do ranking da WTA, sofreu, mas superou a jovem canadense Eugenie Bouchard, 18ª, e se garantiu em mais uma final em Roland Garros. Campeã em 2012, Sharapova luta pelo bicampeonato.

Foi uma batalha. Sharapova, dona de quatro títulos de torneios do Grand Slam, precisou de 2h22 para superar a canadense, que jogava apenas sua segunda semifinal de Slam na carreira, em 4/6 7/5 6/2.

Com seu jogo agressivo a russa bateu quatro aces contra um, mas cometeu muitos erros de saque, foram nove duplas-daltas contra apenas três de Bouchard. A russa bateu 33 bolas vencedoras contra 29 da canadense, que cometeu 48 erros não-forçados contra 35 de Sharapova.

O jogo iniciou com as jogando firme e arriscando bolas fundas, Sharapova teve o saque quebrado no terceiro game e passou a correr atrás no placar. Pressionando nos games, a russa devolveu a quebra de saque no oitavo game, mas jogou mal o game seguinte, foi quebrada e viu Bouchard sacar para o set.

Na segunda etapa Sharapova entrou firme, conquistou a quebra e abriu 2/0 no placar, e protagonizou uma sequência de quebras com a rival nos dois games seguintes. Firme no saque Maria confirma e fica com 4/1 no placar. Dominando o set, Sharapova abriu 5/2 em saque da rival, sofreu um apagão e viu a rival igualar em 5/5, com belíssima bola vencedora. Mudando de postura a russa joga um game firme e na sequência quebra o saque da rival forçando a terceira etapa.

No set decisivo a experiência de Sharapova falou mais alto, a russa, que vinha de virada sobre Garbiñe Muguruza, esteve mais firme, conquistou a quebra de saque no quarto game e administrou a vantagem, quebrando o saque de Bouchard no oitavo game em erro da canadense e fechando o jogo.

Na final neste sábado, Maria vai enfrentara romena Simona Halep, número 4 do mundo, que na outra semi bateu a alemã Andrea Petkovic (27ª) por 6/2 7/6 (7/4). São três jogos entre as duas até hoje no circuito e a russa levou a melhor em todos, sendo o último deles na final de Madri, mês passado, de virada.