X

Nadal afia as garras, vira contra Ferrer e vai à semi em Roland Garros

Quarta, 04 de junho 2014 às 16:34:32 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O Rei do Saibro saiu atrás, mas não se intimidou e virou diante de David Ferrer na reedição da final de 2013 para se garantir, nesta quarta-feira, nas semifinais de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano. Ele tentará seu nono troféu em Paris e o quinto consecutivo.

Nadal precisou de 2h34min para bater o quinto colocado por 3 sets a 1 com parciais de 4/6 6/4 6/0 6/1 na quadra Suzanne Lenglen, a segunda principal na capital francesa.

O natural de Manacor se vinga de derrota nas quartas de Monte Carlo em abril e lutará por sua nona decisão em solo parisiense diante de Andy Murray, oitavo colocado, que superou Gael Monfils, 28º, por 6/4 6/1 4/6 1/6 6/0 em 3h15min.

São 19 jogos com 14 vitórias de Nadal que venceu todas as cinco no saibro, inclusive a última em Roma, na Itália, por 1/6 6/3 7/5.

Nadal alcança sua vitória de número 64 em 65 jogos em Roland Garros onde é o maior vencedor com oito canecos.

O jogo

Um grande primeiro set com os dois em alto nível, bolas fundas e trocas encardidas de bola. Ferrer conseguiu uma quebra cedo, com 3/1, tomou o empate e foi pra cima num game espetacular com smash e passadinha para fechar por 6/4 em 49 minutos.

Nadal acelerou mais o serviço e jogou mais confiante conseguindo uma quebra cedo para abrir 3/1. Ele salvou três breaks no sexto game, dois com bobagens de Ferrer, e foi mantendo até fechar por 6/4 em 44 minutos.

Ferrer perdeu a intensidade e precisão no terceiro set e viu o potente forehand de Nadal falar mais alto. O líder do ranking saiu quebrando e dominando o impaciente e errático David para aplicar um pneu com 6/0 em 26 minutos. Nadal aplicou cinco winners e não errou nenhuma bola no terceiro set. Ferrer errou 13 e fez três vencedoras.

Murray saiu na frente com 3/0, levou o empate, o jogo seguiu empatado até o último game quando o britânico aplicou winner de forehand para vencer por 6/4.

Na segunda etapa o britânico dominou, abriu 5/0 e não deu margem para o francês fechando por 6/1 em 40 minutos em um último game onde desperdiçou seis set-points e teve ponto polêmico com bola caindo do bolso, árbitro dando o ponto ao francês e muita reclamação.

Na quinta etapa Ferrer continuou apressado e se equivocando e Nadal, agressivo, só aproveitando para distribuir e manter a bola funda em quadra. Ele abrou duas vezes, abriu 3/0, David devolveu uma delas, mas não conseguiu manter a consistência do início do jogo e tomou 6/1.