X

Djokovic bate Raonic e se garante na semi de Roland Garros

Terça, 03 de junho 2014 às 14:12:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Novak Djokovic, número dois do mundo, segue firme em busca do sonhado primeiro título de Roland Garros, único Grand Slam que não possui em seu currículo de seis canecos. O sérvio se classificou às semifinais na tarde desta terça-feira no saibro de Paris, na França.

Leia Mais:
Promoção Aberto da França - Últimos Dias - Ganhe uma Raquete oficial do torneio!
Djokovic destaca força mental e espera dureza contra Gulbis

O tenista de Belgrado parou o saque do canadense Milos Raonic, nono do ranking, marcando 3 sets a 0 com parciais de 7/5 7/6 (7/5) 6/4 após 2h22min de duração. É o terceiro jogo entre os dois e a terceira vitória de Djokovic.

Nole alcança pela quarta vez seguida as semis na França repetindo o mesmo resultado do ano passado onde parou com 9/7 no quinto set diante de Rafael Nadal, que lhe tirou o troféu na final de 2012.

Em busca de vaga na decisão, ele encara o letão Ernests Gulbis, 17º, que derrotou o tcheco Tomas Berdych, sexto, por 6/3 6/2 6/4. Nole venceu quatro dos cinco jogos entre os tenistas que treinaram juntos, quando juvenis, na academia de Niki Pilic, na Alemanha. O último embate foi apenas em 2011, no piso duro de Indian Wells, e o sérvio ganhou por 6/0 6/1. Gulbis vem em sua melhor campanha da vida em Grand Slams somando inclusive vitória sobre Roger Federer nas oitavas de final.

O primeiro set caminhou com os dois sacando muito bem. Djokovic teve um break salvo com uma bomba pelo canadense e Raonic desperdiçando uma chance com erro bobo. No 12º e último game antes de um esperado tie-break, Nole aplicou um winner de backhand paralelo e aproveitou o set-point com bola baixa e erro de voleio do canadense. 7/5 em 50 minutos.

Na segunda etapa os dois sacaram ainda melhor e não deram nenhuma chance as devoluções. O jogo só poderia ir ao tie-break. O sérvio abriu 6 a 4 com erro de Raonic e fechou na segunda oportunidade com um serviço aberto incrível por 7/6 (7/5) após 48 minutos.

NA terceira etapa o primeiro game foi chave. Djokovic abriu 0/40 com bobagens de Raonic, O canadense salvou todos, perdeu um game-point e foi quebrado. A partir daí só deu Djokovic que devolveu muito, sacou bem e brincou com o rival com seguidas curtinhas, lobinho na rede e tudo mais. Ele sacou em 5/2, bobeou com dupla-falta e esquerda na rede permitindo uma reação do tenista nascido em Montenegro para 5/4, mas fez um bom último game fechando com erro do adversário por 6/4.