X

Nadal aponta melhoria no saque e diz viver melhor momento para encarar Ferrer

Segunda, 02 de junho 2014 às 15:12:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal, número 1 do mundo, afirmou que terá um duelo “muito difícil” contra seu compatriota David Ferrer nas quartas de final de Roland Garros, na próxima quarta-feira, mas ao mesmo tempo assinalou que está em melhor do nível em relação a Monte Carlo.

O Rei do Saibro perdeu nas quartas de final no principal seu segundo jogo em 18 partidas no piso lento contra Ferrer.

"Creio que estou em melhor forma do que Monte Carlo, mas ele jogou muito bem também lá em Madri e Roma. Também elevou o nível. Chegará com muita confiança e sei que terei um jogo difícil. Se quiser ganhar terei que estar em um nível elevado. Caso contrário, será impossível”, afirmou o tenista que só perdeu um jogo em Roland Garros, em 2009 nas oitavas para o sueco Robin Soderling.

“Não sei se estou no meu melhor momento da temporada. Sei que fui ganhando jogos e agora preciso dar um passo adiante, subir uma marcha. O que é óbvio é que minha temporada no saibro tem tido melhora contínua. Em outros anos começava forte e este ano estou um pouco melhor a cada torneio”, seguiu o campeão de Madri e vice de Roma.

Nadal afirmou que hoje conseguiu sacar um pouco melhor, mas evitou detalhar mais sobre seus problemas nas costas para não dar pistas ao adversário. Ele bateu o sérvio Dusan Lajovic, 83º, por 6/1 6/2 6/1 nas oitavas de final.

“Não gosto de mentir, mas também não quero dar muita informação. Ganhei essa partida e estou em boa forma. Disse que estava com um pouco de problema nas costas, algo imprescindível. Na Austrália ia tudo bem, mas doeu na final. Aqui, no primeiro dia, mas convivo com ela da melhor forma possível. Trato de não mentir, mas não quero falar mais do que devo quando tenho que estar lutando para vencer”.

“Hoje tive um movimento de mais fluidez no meu saque, mas para seguir preciso ter mais fluidez ainda. David devolve com muita intensidade e caso não (tenha melhora), sim, ele terá vantagem”.