X

Murray supera Verdasco e encara Monfils por vaga na semi em Paris

Segunda, 02 de junho 2014 às 14:54:21 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O britânico Andy Murray, número oito do mundo, segue na busca pelo título inédito de Roland Garros. O campeão de Wimbledon se classificou, na tarde desta segunda-feira, para as quartas de final do Grand Slam do saibro, evento jogado em Paris, na França.

Depois de precisar de 4h07min em dois dias e 12/10 no quinto set diante do alemão Philipp Kohlschreiber na terceira fase, o escocês de Dunblane superou o espanhol Fernando Verdasco, 25º colocado, por 3 sets a 0 com parciais de 6/4 7/5 7/6 (7/3) após 2h54min de duração na quadra Suzanne Lenglen, a segunda principal na capital francesa.

Foi o 11º embate entre os dois em jogos nível ATP/Grand Slam e o britânico manteve a freguesia vencendo pela décima vez, a quinta seguida e o primeiro encontro deles no piso lento.

Murray, que tem também um título do US Open, em 2012, repete a campanha do ano passado quando perdeu de David Ferrer nas quartas e buscará sua segunda semifinal para repetir dois anos atrás quando perdeu para Rafael Nadal. Seu rival será o francês Gael Monfils, 28º e único francês na chave. Monfils passou em sets diretos pelo algoz do suíço Stanislas Wawrinka, terceiro colocado, o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, por 6/0 6/2 7/5.

São cinco jogos entre os dois e Murray lidera por 3 a 2. O último jogo foi em Paris, no Masters 1000, em 2010 vencido pelo local e no pó de tijolo cada um venceu uma vez.

O jogo

O jogo começou com quebra para Murray que perdeu a vantagem logo a seguir ficando empatado em 2/2. Os dois seguiram confirmando até Andy quebrar e com bom forehand cruzado fechar por 6/4 em 46 minutos.

O segundo set seguiu a tônica com ambos confirmando games encardidos até Murray quebrar no 11º e concluir no terceiro set-point com winner de backhand em 58 minutos.

Na terceira parcial Murray elevou a confiança, abriu uma quebra cedo, teve várias chances de ampliar, mas Verdasco lutou muito, foi salvando chances até aproveitar um lapso do britânico para virar para 5/4 vibrando com seu staff. O jogo caminhou ao tie-break e a consistência de Murray pesou deslanchando a partir do 3 a 3 até o triunfo por 7/6 (7/3).