X

Djokovic vira batalha de 3h e busca o 3º título em Roma

Sábado, 17 de maio 2014 às 12:45:56 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O vice-líder do ranking da ATP, Novak Djokovic, venceu batalha contra o canadense Milos Raonic, oitavo do ranking, pela semifinal do Masters 1000 de Roma. O sérvio chegou a sua quinta final no torneio italiano e busca neste domingo seu 19º título de Masters, o terceiro em Roma.

Djokovic precisou de 3h para virar a partida contra Raonic com o placar de 6/7 (5) 7/6 (4) 6/3. O sérvio superou o forte saque do canadense, que converteu 16 aces contra três de Djokovic e venceu 76% dos pontos com primeiro serviço contra 72% de Nole, que bateu 29 bolas vencedoras contra 55 do pupilo de Ivan Ljubicic, que cometeu 42 erros não-forçados contra 16 do sérvio.

O primeiro set começou muito equilibrado. Com os tenistas sacando firme e Raonic sendo agressivo buscando ter chances nos games do sérvio. O jogo seguiu igual, sem nenhuma quebra e foi para o tiebreak. Djokovic chegou a ele tendo vencido três dos quatro tiebreaks que jogou no ano, Raonic tinha cinco vitórias e cinco derrotas. O sérvio abriu 3/0 no tiebreak, mas levou a virada e viu o canadense fechar o placar.

No segundo set, Djokovic entrou com a vantagem de ter virado as três partidas do ano que começou perdendo a primeira etapa. Confiante o sérvio salvou dois breakpoints no primeiro game e conquistou a quebra no quarto game, mas não segurou no quinto game e viu Raonic igualar o placar. No tiebreak Nole começou na vantagem, levou a virada e aplicou nova virada forçando a terceira etapa.

Na decisiva parcial, o sérvio quebrou o serviço do canadense no primeiro game, abriu 2/0 e controlou o placar até conseguir nova quebra no nono game e se garantir na final.

Djokovic fará neste domingo sua quinta final em Roma e buscará seu terceiro título no torneio. Caso vença, Nole alcançará o número de 19 títulos de Masters 1000 se aproximando do segundo maior vencedor da história Roger Federer, que tem 21 títulos. O maior vencedor de Masters é o espanhol Rafael Nadal com 26 títulos.