X

Nadal passa novo sufoco, mas vence e encara Murray em Roma

Quinta, 15 de maio 2014 às 14:22:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Mais uma vez a vida de Rafael Nadal foi dificultada ao extremo. O número 1 do mundo, que jogou 3h18min para vencer Gilles Simon na estreia, teve que passar por mais uma batalha, agora em 2h44min, para se classificar às quartas de final do Masters 1000 de Roma, na Itália.

O Rei do Saibro superou o russo Mikhail Youzhny, 16º colocado, por 2 sets 1 com parciais de 6/7 (7/3) 6/2 6/1 em jogo onde vacilou no primeiro set e atuava mal e com quebra abaixo no início do segundo.

Em duas partidas o dono de sete títulos na capital italiana e oito em Roland Garros já soma 6h02min em quadra e terá um grande desafio pela frente, o escocês andy Murray, oitavo do mundo, que, no dia de seu aniversário de 27 anos, abteu Jurgen Melzer por 7/6 6/4.

Será o primeiro jogo entre os dois após dois anos e meio (último em Tóquio em outubro de 2011 com vitória do escocês). Nadal lidera por 13 a 5. São quatro encontros no saibro e todos vencidos pelo atual líder do ranking.

O jogo

Nadal começou bem, pressionando o saque de Youzhny, mas não aproveitava suas chances. Ele conseguiu uma quebra no sétimo game com erro do russo para fazer 5/3. Rafa teve um set-point após pegar um smash no canto da quadra com slice e winner, mas Youzhny se safou no serviço. No 5/4 e saque ele deu duas duplas-faltas se incomodando com o forte vento na quadra central do Foro Itálico, perdeu o saque e teve que lidar com novo tie-break. Muitos erros de Nadal e um Youzhny valente indo para a direita firme para fechar por 7/6 (7/3) após 1h13min.

Na segunda etapa games longos e Youzhny saiu quebrando jogando em cima do espanhol na rede. Ele abriu 2/0, mas viu grande recuperação do natural de Manacor mesmo jogando mal e fazendo lances feios. Rafa fez seis games consecutivos com muito mais vontade do que um bom nível e fechou por 6/2 com equívoco do adversário após 54 minutos.

Na parcial final Youzhny caiu mentalmente, cometeu muitos erros e Nadal conseguiu atuar com mais conforto, segurança e confiança. Ele abriu duas quebras com 5/0 e onze games seguidos no total tendo um match-point para o pneu. Youzhny salvou e vibrou muito ao vencer seu game. Mas no seguinte o vencedor de 13 Grand Slams fechou com bom saque por 6/1.