X

Fognini: 'Não posso mudar a mentalidade dos torcedores'

Segunda, 12 de maio 2014 às 18:24:18 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
O italiano Fabio Fognini, 13º do ranking da ATP, afirmou em entrevista coletiva após a derrota para Lukas Rosol, da República Tcheca, na estreia em Roma, que não pode mudar a "mentalidade da torcida". Fognini fez a mea culpa afirmando que Rosol teve uma vitória "justa".

Em má fase e recebendo críticas do mundo todo sobre seu mau comportamento dentro das quadras, Fognini comentou: "Hoje não representei bem a Itália, eu falhei, mas não por falta de luta. Penso que não sou o único jogador do país em quadra, quando será que todos os italianos perderam na primeira rodada? Sei lá, 1995? Esta é a primeira coisa que penso, de resto não posso mudar a mentalidade dos torcedores", decretou.

Perguntado sobre o que não deu certo na partida, o natural de Sanremo foi enfático: "Tudo. Certamente não joguei meu melhor tênis. Mas não podemos tirar o mérito dele. Ele (Rosol) jogou muito melhor que eu".

"Se você joga uma raquete no chão, é porque joga a raquete no chão. Dê um warning a ele, é habitual, é Fognini. Pelo menos hoje podemos dizer que foi tudo bem, exceto pela derrota", disse ao responder um questionamento sobre seu mau comportamento. "Quanto ao resto, tentei traçar meu caminho, porque era um jogo difícil. Ele jogou por mais de uma hora com uma intensidade considerável e com esse tipo de adversário você precisa exigir sempre mais, alongar as disputas de bola. É preciso agredir ou tudo vai a favor dele", resumiu a partida.

Fognini contou que está em uma baixa física desde a disputa do Masters de Monte Carlo e que além de focar nessa melhora física, analisará os pontos positivos e negativos da desclassificação em Roma.