X

Nadal sustenta vantagem. Federer luta pelo Nº 3. Nishikori no top 10

Segunda, 12 de maio 2014 às 00:00:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Rafael Nadal manteve a liderança do ranking em nova tabela divulgada nesta segunda-feira pela Associação dos Tenistas Profissionais. A diferença subiu apenas dez pontinhos já que o espanhol defendeu os 1 mil pontos do troféu de Madri e Novak Djokovic só descartava a estreia.

Apesar da pouca mudança, Nadal ficou com 1870 pontos de vantagem. Ele descarta 1 mil do título em Roma, mas permanecerá no topo mesmo que caía na estreia e o sérvio fature o título já que Nole defende 180 das quartas e só poderia chegar aos 11850 contra 11910 que Nadal ficaria. O que significa que Rafa chegará como o número 1 em Roland Garros, que terá transmissão do Bandsports.

A briga pelo top 3 pode esquentar. Stanislas Wawrinka defendia 600 do vice na capital espanhola e só marcou 10 da estreia caindo para 5785. Roger Federer, que não jogou o torneio, perdeu 90 das oitavas e ficou com 5715. Em Roma, Roger defende 600 do vice e Wawrinka apenas 45 da segunda rodada. Federer só tem chances de assumir a colocação se vencer o torneio.

David Ferrer somou 180 pontos com a semi na Caja Mágica indo para 5030 e deixando o tcheco Tomas Berdych um pouco para trás (4600) na sexta colocação. Sem jogar pela lesão no punho, Juan Del Potro se manteve em sétimo seguido por Andy Murray.

Destaque de Madri, Kei Nishikori fez história ao se tornar o primeiro japonês top 10. Ele subiu três posições com o vice-campeonato e é o nono colocado deixando Milos Raonic na 10ª colocação e o americano John Isner fora do seleto grupo. A última vez de um asiático no grupo foi Paradorn Srichaphan, da Tailândia, em março de 2004.

Ernests Gulbis subiu três e obteve o melhor ranking, no 17º lugar. O espanhol Roberto Agut saltou 17 e foi ao 28º, melhor desempenho assim como o colombiano Santiago Giraldo que saltou dez e foi ao 36º posto.