X

Cazaque elimina João Sousa e encara Ferrer em Roma

Domingo, 11 de maio 2014 às 10:46:55 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
João Sousa, tenista número 1 de Portugal e número 40 do mundo, foi eliminado, na manhã deste domingo, na primeira rodada do Masters 1000 de Roma, na Itália, evento sobre o piso de saibro com premiação de 2,8 milhões de euros. Ele soma sua sexta queda consecutiva.

Clique Aqui e veja como foi a partida em nosso ao vivo!

Sousa, da cidade de Guimarães, caiu por 6/3 6/7 (7/1) 6/3 após 2h30min diante do 60º colocado, o cazaque Mikhail Kukushkin, que agora será o rival do quinto do ranking, o espanhol David Ferrer, na segunda fase.

Não podia começar da pior maneira o encontro para João Sousa. O número 1 lusitanol ainda salvou dois pontos de break mas a persistência de Kukushkin, que venceu oito dos dez primeiros pontos com a primeira bola, deu-lhe uma vantagem de 4/1 que até poderia ter sido recuperara quando, a servir a 4/2, o cazaque viu-se obrigado a salvar três pontos de break, despediçando logo a seguir três set points para selar a vantagem no seu jogo de serviço depois de decorridos 47 minutos.

O segundo set começou de forma mais equilibrada, mas nenhum dos jogadores abria mão dos respectivos jogos de serviço. O registos de Sousa melhoraram e com isso veio também uma maior consistência, dado que perdeu apenas dois dos primeiros 19 pontos disputados com o seu saque, até que uma pequena distração ofereceu ainda um ponto de break a Kukushkin antes do vimaranense fixar o resultado em 5/4.

O tiebreak surgiu depois de o pupilo de Frederico Marques ter desperdiçado três set points num longo game, algo que só lhe viria a dar força para ceder apenas um ponto. Contudo, e quando tudo parecia apontar para uma recuperação do jogador de 25 anos, Kukushkin adiantou-se no marcador com um novo break, em branco, que via a ser fatal para as aspirações do representante luso, que não evitou a derrota.

Com esta derrota, João Sousa, que deverá sair amanhã do top 40, soma seis encontros sem vencer e segue agora para Dusseldorf, na Alemanha, para participar na segunda edição do ATP 250 local, que distribui 426.605€ em prêmios. O português deverá conseguir o estatuto de quarto cabeça-de-série atrás de Philipp Kohslchreiber, Andreas Seppi e Marcel Granollers.

Saiba mais com o nosso parceiro, o Bola Amarela!