X

Simon: 'Vou ligar para Mirka para pedir um empurrãozinho a ela'

Segunda, 05 de maio 2014 às 15:22:24 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional
Por Ariane Ferreira - Primeiro rival de Roger Federer na chave do Masters 1000 de Madri, o francês Gilles Simon, 28º do ranking da ATP, mostrou bom humor e esperanças para a partida de segunda rodada. Simon também comentou o abandono de Benoit Paire, após terem jogado dois games.

Simon se classificou à segunda rodada, após a retirada de Benoit Paire. Sobre o abandono do compatriota e amigo, Simon comentou: "Um momento de lesão é muito difícil, ninguém quer se retirar de uma partida, ainda mais com dois games jogados, mas foi preciso. Benoit não se retiraria assim por uma simples dor".

O francês que viu a dor e o choro de Paire de perto afirmou que torce pela recuperação do amigo e que a posição de se retirar foi a melhor, já que a lesão não é recente.

Simon contou que o pouco tempo em quadra não o ajuda no que mais tem buscado em 2014 "ganhar confiança e melhorar seu tênis", mas pontuou que ter um adversário como Roger Federer no inicio de um torneio é importante: "Ter um rival desta qualidade e no momento que ele vem é importante pra mim. Para eu ver o melhor do jogo e claro o que preciso melhorar. Não é uma reflexão apenas na derrota".

O francês contou que tem lutado para ganhar confiança, após um fim de temporada ruim em 2013 e um inicio não muito bom este ano: "Já há alguns torneios e jogos estava sem confiança, buscando vencer e melhorar minhas sensações em quadra", confessou.

Simon jogou toda a responsabilidade da partida para Federer: "Ele é o favorito, tem tido melhores resultados. Vou entrar em quadra e dar meu melhor para quem sabe jogar meu melhor tênis. No mais, vou ligar para Mirka (esposa do número quatro do mundo) para pedir um empurrãozinho a ela", brincou.